fbpx

Saibam o que é a higiene do sono e como a tecnologia atrapalha

A tecnologia faz, cada vez mais, parte do nosso dia-a-dia. Quantas vezes, mesmo antes de se levantarem, a primeira coisa do dia que fazem é olhar para o telemóvel? Essa ansiedade em ter o telemóvel presente é uma das ações que, segundo alguns estudos, comprovam que a tecnologia pode afetar o nosso sono. É nesse cenário que entra a higiene do sono.

Esta higiene não tem a ver com o banho antes de ir dormir. Está, sim, relacionada com a preocupação em melhorar a qualidade das horas dormidas durante a noite, algo que é afetado, como já referimos, pela tecnologia. E antes de vermos as soluções para este problema, podemos começar por arranjar um bom travesseiro, como os que encontramos no catálogo da Conforama na plataforma do Panfleteiro. 

O quarto é o santuário do sono

A primeira preocupação que muitos médicos profissionais que estudam o sono têm é em tornar os quartos numa espécie de santuário do sono. Com cada vez mais pessoas a trabalhar em casa e esses espaços a tornarem-se cada vez mais pequenos, é um desafio tornar os quartos em espaços verdadeiramente cómodos.

O sono precisa de ser, pelo menos, sete horas, até um máximo recomendado de nove horas. Ou seja, um terço do dia é dedicado a dormir. Logo, isso merece um espaço especial nas nossas casas. Para isso, convém evitar ter, por exemplo, televisões perto da cama, ou evitar espreitar as redes sociais mais uma vez antes de dormir.

Além disso, as camas também precisam de ser as melhores, com um bom colchão, em bom estado, limpo e ajustado às nossas necessidades. Convém também ter o quarto limpo, livre de poeiras e ácaros, e apostar no conforto com bons travesseiros, cobertores, almofadas, entre outros. Tudo produtos que podem ser encontrados, por exemplo, no catálogo do DeBorla, onde é possível fazer boas compras sem se gastar muito.

A luz do telemóvel pode ser um problema

São vários os estudos sobre a luz azul que os telemóveis emitem, com alguns a indicar que essa luz pode causar problemas graves à vista e acelerar o processo de cegueira. As empresas de tecnologia tentam constantemente consciencializar os utilizadores com recurso a modos de leitura, mas a saúde da visão parte, maioritariamente, do utilizador.

Não usar o telemóvel na cama é o ideal. Segundo os especialistas, deve-se desligar qualquer tecnologia até uma hora antes de dormir. Há que evitar o computador ou até aquele episódio seguinte da Netflix. Tomar um bom banho, ler um livro, tentar relaxar com outras ocupações e atividades são ótimas maneiras de preparar um bom sono.

É comum ler, ver e ouvir coisas que nos deixam a pensar na vida e que podem causar ansiedades que perturbam o nosso sono. Por isso, exercícios mais relaxantes são essenciais para ir de cabeça limpa para a cama.

Pensem também na comida e exercícios

Mas não é só a presença da tecnologia que afeta o sono. Aquilo que ingerimos também tem um papel importante, como as comidas pesadas, álcool e tabaco a serem também fatores importantes nesta equação. Um processo de digestão complicado à noite é razão para um sono de má qualidade. Quem comeu um bife e foi-se deitar ou exagerou um pouco na bebida sabe bem do que estamos a falar. Por isso, deve-se evitar refeições muito gordurosas ou em grandes quantidades pelo menos três horas antes de dormir. 

E para quem se preocupa com a linha, a ida ao ginásio não é o suficiente para melhorar o sono, mas pode ajudar a manter alguma sanidade física e mental. Daí a recomendação de se fazer exercícios no máximo no fim da tarde ou então pela manhã mesmo. À noite, convém procurar outras atividades que podem ser muito positivas, como meditar. 

O sono é uma das partes mais importantes do dia

Lembram-se quando a vossa mãe reclamava por dormirem muito? Agora podes enviar-lhe uma mensagem pelo WhatsApp – não da cama, não te esqueças – e explicar-lhe que isso até foi bastante importante para o vosso crescimento.

O sono é vital para muitas coisas e a sua falta contribui para doenças físicas e mentais, mau desempenho no trabalho, impotência sexual, dificuldade de aprendizagem, estando relacionado com basicamente com tudo o que há de maligno para o nosso corpo. Por isso reflitam, pensem na higiene do sono e deixem o computador de lado pelo menos uma hora antes de ir dormir.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Coronavírus. Oito técnicas para uma boa lavagem das mãos

Certamente que, nos últimos tempos, já ouviram falar imenso do coronavírus, que começou por ser identificado em humanos na década de 1960. Estes vírus afetam principalmente animais, mas os seus tipos/variantes evolvem e chegam a infetar pessoas, como o que está a acontecer neste momento.

(Terminado) Passatempo – Temos quatro Gillette Fusion 5 Proglide Red Racing para oferecer

Começámos por revelar que a marca tem a decorrer um passatempo que pode levar um fã...

Bose Sleepbuds, os auriculares da Bose que ajudam a dormir melhor

A Bose apresentou recentemente os Bose Sleepbuds, – os primeiros auriculares in-ear da empresa com o propósito de disfarçar...

Crowne Plaza Porto tem programa exclusivo para garantir um sono inesquecível

Chama-se Sleep Advantage e, como o próprio nome indica, reúne todas as condições para uma revigorante noite de sono.
- Publicidade -

Mais Recentes

King C. Gillette. Nova marca apresenta-se como a “mais completa de produtos para homens com pelo facial”

A nova marca da P&G inclui 11 produtos essenciais para aparar, barbear e cuidar do pelo facial.

A Amazon lançou um novo Fire Stick e atualizou um dos já existentes

Mas há um problema: a Amazon não está a enviá-los para Portugal.