RoboCop vai regressar com Neill Blomkamp na realização

Se são fãs de filme de 1987 que contava a história de um polícia que tem a chance de sobreviver mais um dia e combater o crime em forma de robô, há boas noticias para vocês.

- Publicidade -

E se o filme mais recente não foi do vosso agrado, esta também pode ser uma boa notícia.

RoboCop, de Paul Verhoeven, pode estar prestes a ter uma sequela, isto é, se ignorarmos todos os filmes que vieram a seguir.

Segundo o portal Deadline, o novo filme baseado na icónica personagem dos anos 80 vai regressar com o nome de RoboCop Returns.

A MGM, que detém os direitos cinematográficos, será a produtora e o realizador escolhido é Neill Blomkamp, da fama de District 9 e Elysium.

A equipa de produção conta ainda com Edward Neumeier e Michael Miner, que trabalharam no argumento do filme original e que, aqui, serão produtores. No lugar original deles iremos ter Justin Rhodes, que está também a trabalhar no próximo Exterminador Implacável com Tim Miller, e que vai pegar em material escrito pelos produtores para um sequela que não chegou a existir.

Para já não passa de um anúncio e não existem ainda nomes no elenco, nomeadamente de quem será o RoboCop.

RoboCop apareceu no grande ecrã pela última vez em 2014 num filme de José Padilha, que foi criar a série Narcos logo a seguir, com Joel Kinnaman no papel principal, num filme que não foi bem recebido pela crítica nem pelo público.

Já o original de 1987 tornou-se num clássico de culto e chegou até a receber algumas nomeações para a academia, abrindo as portas a Verhoeven para nos trazer outros clássicos como Total Recall, Instinto Fatal ou Starship Troopers.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Thunder Force

Thunder Force é mais uma peça de storytelling sem sentido e absurda de Ben Falcone, caraterizada por um humor insuportavelmente seco e forçado, para além de uma história facilmente esquecível.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

The Underground Railroad, de Barry Jenkins, ganha trailer oficial

The Underground Railroad é baseada no romance de Colson Whitehead, vencedor do prémio Pulitzer.

Os novos portáteis da Huawei já estão à venda

Os MateBook D 15 estreia-se e o D 14 recebe novas características atualizadas.