Clã no M.Ou.Co – Foi uma prenda de Natal antecipada

- Publicidade -

Um bom presságio para 2022? Esperemos que sim.

Foi no passado dia 20 de dezembro que a sala de espetáculos do M.Ou.Co, no Porto, recebeu o último concerto da sua programação de 2021, com a atuação de uma banda que dispensa apresentações, os Clã. A obrigatoriedade de apresentação de teste negativo não foi impeditivo para que a banda portuguesa do pop rock fosse recebida com uma sala praticamente lotada.

Apesar do foco no seu nono e mais recente álbum de originais, Véspera, editado em 2020, a banda viajou um pouco por toda a sua discografia para gáudio de todos os presentes, desde pequenos a graúdos.

Foi com toda a energia e boa disposição da Manuela Azevedo e restantes membros da banda que nos envolvemos numa dança frenética e libertadora em temas como “Asas Delta”, do álbum Disco Voador (2011), como o clássico “GTI” (Kazoo, 1997), ou até do single “Tira a Teima”, de 2007, mas também houve momentos arrepiantes e emotivos como seria de esperar, com o “Sopro do Coração” (Lustro, 2020) ou “Problema de Expressão” (Kazoo), temas tão bem conhecidos do público e que soaram melhor que nunca na intimidade da pequena e acolhedora sala do M.Ou.Co.

Clã é isto mesmo, um saltitar entre sentimentos. Foi, sem dúvida, uma experiência imensa que a banda proporcionou aos portuenses apenas a poucos dias do Natal e na reta final de mais um ano bastante difícil, em especial para o setor da cultura. Que este concerto seja um bom presságio para 2022!

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes