Razer pinta-se de branco com a nova coleção Razer Mercury

As novidades da Razer apresentam-se com muitas formas, feitios e muitas, mas mesmo muitas cores.

Fora o seu sistema de iluminação Chroma, a marca é maioritariamente conhecida pelos seus tons de preto e verde. Contudo, a nova coleção promete mudar as regras do jogo e tornar todos os seus dispositivos principais super apetecíveis, especialmente se gostarem de branco.

A marca revelou uma nova coleção dos seus periféricos para PC e PlayStation 4 em tons de branco e com um aspeto absolutamente “clean”.

Esta não é a primeira vez que a marca aposta nestes tons, depois de lançar a coleção Razer Mercury em 2017. A nova coleção é apenas uma atualização dos periféricos e dispositivos mais recentes.

[photonic type=’google’ view=’photos’ album_id=’AIlW2TUVfwu6I-ZxnjLRlqeZkDWnqLDCUdsCE0PYJS7v1wHtSZfHng4′ main_size=’1600′ layout=’random’]

Tapetes de rato, ratos, teclados, auscultadores, suportes microfones e comandos fazem parte desta coleção elegante e limpa, com acabamentos mate branco, prateado e cinza.

A edição deste ano da Razer Mercury, já está disponível e é composta pelos seguintes periféricos:

  • Rato sem fios Razer Atheris – 49.99€
  • Rato gaming Razer Basilisk – 69.99€
  • Tapete de Rato Razer Goliathus Extended Chroma – 79.99€
  • Teclado Razer BlackWidow Lite – 99.99€
  • Teclado gaming Razer Huntsman – 159.99€
  • Auscultadores gaming Razer Kraken – 79.99€
  • Comando PS4 Razer Raiju Tournament Edition – 149.99€
  • Microfone Razer Seiren X – 109.99€
  • Suporte para Auscultadores Razer Base Station Chroma – 69.99€
- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

The Last of Us Part II prepara-se para o lançamento com um novo trailer CGI

A PlayStation volta a alimentar a antecipação com mais um fantástico vídeo.

Antevisão – The Last of Us Part II

Já conhecem os vídeos, mas como é jogar The Last of Us Part II?

Conhece um pouco mais da história de The Last of Us Part II no novo vídeo

Neil Druckmann prepara-nos para mais uma aventura muito emocional.

Análise – Streets of Rage 4

Um regresso ao passado que irá deliciar os fãs do género e da série clássica da SEGA.
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.