A Razer revela novos microfones para produtores de conteúdo

Digam olá aos Seiren V2 Pro e ao Seiren V2 X.

- Publicidade -

A nova geração dos Razer Seiren, os microfones para produtores de conteúdo da marca, está aqui com o Seiren V2 Pro e o Seiren V2 X.

As duas novas versões do Seiren apresentam-se com novos designs, mas mais importante que isso, com melhorias de captação de voz para um resultado mais nítido e profundo.

A aposta na qualidade de som profissional é a prioridade, e o Seiren V2 Pro conta com o uso de limitadores que permitem captar apenas aquilo que o utilizador quiser através de controlos analógicos; uso de filtro passa-altas para bloquear frequências baixas indesejadas; ou com o suporte de frequência de 20Hz de resposta para a captura de uma gama de áudio completa.

Já o Seiren V2 X, ligeiramente mais modesto, vem também equipado para nos dar excelentes resultados, com destaque no seu microfone de condensador com 25mm para uma qualidade vocal natural e um padrão de captura supercardioide para maior separação da voz.

Ambos os microfones tiram partido do software Razer Synapse, onde os utilizadores podem personalizar e controlar todas as definições de captura.

O Seiren V2 Pro e o Seiren V2 X já estão disponíveis para compra na loja da marca por 159,99€ e 109,99€, respetivamente.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Razer invade Genshin Impact com produtos temáticos

Para que os fãs se sintam ainda mais dentro do mundo da miHoYo.

Razercon regressa com a promessa de muitas novidades

Fãs dos produtos da Razer, marquem já na vossa agenda.

Xbox Series X|S e PlayStation 5 recebem novos periféricos da Razer

Todos ganham com os novos equipamentos da marca da serpente das três cabeças.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Inaugurado primeiro Espaço Cidadão numa unidade de saúde

Algo que vem facilitar ainda mais a vida aos cidadãos.

Clockwork Aquario – Uma nova oportunidade para este clássico perdido

Anteriormente cancelado, o título da Westone regressa à vida graças à conversão da Inin Games.

Crítica – Resident Evil: Welcome to Raccoon City

Infelizmente, ainda não foi desta que surgiu um filme genuinamente bom de uma adaptação de Resident Evil para o grande ecrã.