Razer troca o verde pelo cor-de-rosa na nova coleção Rosa Quartzo

A Razer apresentou agora uma nova linha de periféricos e equipamentos para computador e consolas que acrescenta novas cores ao seu catálogo.

Até agora, apenas alguns periféricos tinham edições especiais com mais cores do que as tradicionais preto e verde. Agora, com a coleção Rosa Quartzo, o branco, cinza e cor-de-rosa parecem fazer parte das novas opções da Razer.

Os produtos que podem ser encontrados em tons de rosa são os seguintes:

  • Rato Razer Basilisk
  • Tapete de rato Razer Goliathus Extended Chroma
  • Teclado gaming Razer Huntsman
  • Auscultadores Razer Kraken
  • Comando para PS4 e PC Razer Raiju Tournament Edition
  • Microfone Razer Seiren X
  • Base para auscultadores Razer Base Station Chroma
  • Capa Quartzo para o Razer Phone 2
  • Portátil Razer Blade Stealth

Segundo o CEO da marca, Min-Liang Tan, esta criação de uma coleção completa surge após a procura dos consumidores depois de alguns periféricos terem surgido com edições limitadas e alternativas com estes tons.



A coleção Quartzo fica disponível no dia 14 de fevereiro com o Razer Blade Stealth, a ser anunciado em breve.

Para ficarem a conhecer mais detalhes sobre a família Quartzo, podem visitar o site oficial e seguir para a Razerstore, onde estes equipamentos estão disponíveis em exclusivo.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,850FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Análise – Ride 4

Mais do que MotoGP 20, Ride 4 é um jogo dedicado exclusivamente aos verdadeiros fãs de motas.

Análise – 9 Monkeys of Shaolin

Viajem até à China Medieval numa busca por vingança e muita ação.

Razer confirma linha de equipamentos compatíveis com a Xbox Series X e S

Leva os teus comandos e muito mais para nova geração.

Análise – Foregone

Um bom jogo de ação e plataformas que podia ter sido excelente.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Ride 4

Mais do que MotoGP 20, Ride 4 é um jogo dedicado exclusivamente aos verdadeiros fãs de motas.

Crítica – Train to Busan

Se são fãs de cinema, não importa o género, Train to Busan é visualização obrigatória!