Razer Chroma chega agora a novos equipamentos

Não são só os Switches Mecânicos da Razer que vão encontrar lugar em periféricos de outras marcas. Uma das características mais importantes desta marca de equipamentos encontra-se agora disponível em dispositivos de terceiros.

- Publicidade -

A Razer Chroma, a característica que tem definido os equipamentos da Razer, tornando-se o maior ecossistema de iluminação em periféricos para gaming que dá mais vida aos jogos, ganha agora uma grande novidade graças à integração com as lâmpadas inteligentes Philips Hue.

Com mais de cem jogos disponíveis no mercado compatíveis com a Razer Chroma, o jogador vai poder tornar as suas experiências mais imersivas com recurso a luzes projetadas que reagem em sincronia com as nossas ações e com o que acontece no ecrã.

Esta característica vai também chegar a outros tipos de dispositivos e equipamentos compatíveis como motherboards, ventoinhas, caixas de PC, entre outros.

Na lista de marcas incluídas no novo programa de Dispositivos Conectados Razer Chroma vamos poder encontrar a MSI, NZXT, AMD, Thermaltake, Lian Li, Vertagear, Gigabyte e Ducky.

Assim, em breve, não são só os jogos que vão oferecer uma nova camada de imersão; vamos também poder modificar as nossas máquinas com este sistema de iluminação que lhes dá a sensação de que estão a respirar.

Os novos equipamentos com integração do Razer Chroma vão chegar, o mais tardar, lá para o final do ano.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Trust coloca o jogo nas nossas mãos com dois novos ratos

Conheçam o GXT 922 Ybar e o GXT 131 Ranoo.

Análise – Asus ROG Phone 5

Jogos móveis, evoluídos.

Análise – Samurai Warriors 5 (PlayStation 4)

1 contra 1000: quem irá ganhar? É melhor apostarem no primeiro.

Junta-te à luta na fase experimental do multijogador de Halo Infinite

Podes ser um dos primeiros a jogar Halo Infinite já este verão.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio da Hungria fica para a história graças a um Alpine e a um Mercedes

O Grande Prémio da Hungria fica marcado por uma primeira volta cujos acontecimentos, proporcionados em grande parte pelo Mercedes nº 77, conseguiram meter 5 pilotos de fora, mas também pela vitória de Esteban Ocon e ainda por termos não um, mas dois carros da Williams nos pontos.

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.