fbpx

Quais são as 10 tendências gastronómicas para 2020?

Um estudo feito pelo TheFork em parceria com a NellyRodi dá conta de que os benefícios terapêuticos dos alimentos ou a sustentabilidade serão foco nas tendências gastronómicas para este ano.

Além disso, as redes sociais, especificamente o Instagram, continuarão a ser relevantes e os chefs terão um papel fundamental em questões gastronómicas e ambientais.

Concretamente, estas são as 10 tendências gastronómicas para 2020:

A importância do bem-estar e do humor

  • A primeira é sobre o que no Instagram é conhecido como #MindFood. Com mais de 65.000 publicações, esta tendência tem origem no interesse em conhecer a relação entre cérebro, humor e comida. Neste caso, os consumidores valorizam o que os alimentos podem proporcionar para além dos benefícios funcionais, numa sinergia entre o estado de espírito e a oferta gastronómica mais apropriada.
  • A segunda tendência gastronómica diz respeito à relação dos alimentos com benefícios terapêuticos. Os superalimentos estão a tornar-se parte integrante da nutrição e, portanto, da indústria de restauração, que oferece pratos complementares à medicina tradicional.
  • Por outro lado, nesta nova década, os chamados “astro foods” vão destacar-se.

As redes sociais e a tecnologia continuam a ser uma obrigação

  • O Instagram ainda é o rei das redes sociais, onde predominam as fotografias. Os restaurantes precisam surpreender os seus consumidores e, assim, ter um lugar nas redes sociais.
  • De acordo com a última tendência, encontramos a quinta: o delírio alimentar, que consiste em deixar a criatividade voar para que seja artística: esse novo estilo tenta aproximar-se de cozinhas criativas. E, no Instagram, o #FoodCrazy já tem mais de 143.000 posts.
  • A sexta tendência são os clubes de comida, que estão na moda. 59% dos consumidores procuram relacionamentos exclusivos e experienciais com a marca.
  • E relacionado com a fidelidade, chegamos à sétima tendência: o cruzamento da gastronomia com outras áreas, como a moda. Cada vez mais, as marcas de moda integram nos seus negócios a restauração, criando espaços polivalentes para comprar e também desfrutar de uma ótima experiência gastronómica. Exemplo disso são o Vogue Café Porto ou o JNcQUOI Avenida.
  • A tecnologia continua a ser muito importante, tornando-se a oitava tendência. E prova disso é o número de aplicações focadas na análise de alimentos.

Transição para uma gastronomia mais sustentável e verde

  • Outra tendência é encontrada quando o foco se tornam as vozes relevantes no setor. “Do dizer ao fazer”, o papel de influenciadores e atores é crucial para colocar algumas questões na agenda social e, movidos para o mundo gastronómico, são os chefs que precisam de se envolver e posicionar no que diz respeito a questões ambientais.
  • A décima tendência diz respeito à culinária sustentável, sendo uma das mais importantes. Segundo a pesquisa, mais de 81% dos portugueses tem em conta a origem dos ingredientes na hora de comprar. Os consumidores estão cada vez mais a enaltecer as marcas que atuam na redução de problemas ambientais e relacionados com o plástico.

No final de tudo, importa ainda realçar que mais de 89% dos portugueses acreditam que a gastronomia está no centro das preocupações da sociedade e que o setor irá testemunhar grandes desenvolvimentos e mudanças no futuro.

Fonte:NellyRodi
- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,793FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Mais de 350 restaurantes estão com descontos de 50% no TheFork

Uma bela campanha para levar os portugueses de volta aos estabelecimentos.

TheFork dá agora o dobro dos Yums em restaurantes selecionados

Ou seja, não só conseguem reservas diretamente através da plataforma, como juntam ainda mais yums para que possam descontar em futuras refeições.

Nobre faz uma boa ação e oferece alimentação aos seus motoristas

Não só a Nobre, mas também outras empresas do grupo Sigma, como a Campofrio, a Aoste, a...

Continente cria festival dedicado à alimentação em Lisboa

E já em março. Nos dias 14 e 15 desse mês, o Continente vai ter em Lisboa um grande evento de entrada livre que se inclui no âmbito da Capital Verde Europeia 2020. Chama-se Festival À Roda da Alimentação e, como o próprio nome indica, será dedicado à alimentação.
- Publicidade -

Mais Recentes

Super Smash Bros. Ultimate recebe personagens de Minecraft

Steve, Alex e Enderman serão personagens jogáveis no jogo de luta da Nintendo.

Super Bock Sem Glúten? Sim, existe

É a primeira cerveja nacional aprovada pela Associação Portuguesa de Celíacos.