PRR vai financiar 100 novos centros de saúde e a requalificação de mais 326

- Publicidade -

Mais de metade destas obras já está em curso.

O Primeiro-Ministro, António Costa, disse esta semana que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) está em boa execução e que dois terços das verbas (11 mil milhões de euros) já têm candidaturas aprovadas.

“São 93 mil candidaturas aprovadas e um terço já validado pela Comissão Europeia para ser objeto de pagamento, o que representa mais de cinco mil milhões de euros”, realçou.

O Primeiro-Ministro, que discursava no final de uma visita à unidade de saúde de Amor e à unidade de saúde de Parceiros, Azoia e Barrosa, ambas no concelho de Leiria, sublinhou que, na área da saúde, o PRR vai financiar 100 novos centros de saúde e a requalificação de mais 326.

“Mais de metade destas obras já está em curso”, disse António Costa. O Primeiro-Ministro sublinhou que o PRR tem um calendário “muito exigente” para ser cumprido até ao final de 2026, mas que “está em movimento”.

Salientando que as 93 mil candidaturas aprovadas pertencem a municípios, empresas, instituições, universidades, politécnicos e entidades do Estado, António Costa frisou que é a “mobilização do conjunto destas entidades que permite dar boa execução ao PRR”.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes