Há um português interessado em adquirir o Chelsea

- Publicidade -

Mas a oferta está bastante abaixo do valor do clube.

Quase 20 anos depois e após um investimento de aproximadamente dois mil milhões de euros ao longo do tempo, a aventura de Roman Abramovich enquanto presidente do Chelsea chegou ao fim.

Abramovich foi um dos afetados pelas sanções aplicadas pelo Reino Unido a oligarcas com ligações a Vladimir Putin. Basicamente, os ativos ficaram congelados, o ainda dono do Chelsea ficou impedido de viajar para o Reino Unido e nenhum cidadão ou empresa do país pode fazer negócio com ele. Tudo decisões para isolar cada vez mais Putin e aqueles que orbitam em seu redor.

No entanto, o governo britânico emitiu uma licença que autoriza uma série de atividades relacionadas ao futebol a continuar no Chelsea. Isso inclui permissões para o clube continuar a jogar partidas e a realizar outras atividades relacionadas com futebol. Porém, o clube em si está já a sofrer com o congelamento de ativos, uma vez que não pode vender bilhetes para jogos, nem negociar jogadores. De um momento para o outro, o Chelsea passou de um clube rico… para um clube praticamente na falência.

Isto fez com que o clube ficasse à venda, sendo que desde logo surgiram interessados, mesmo que se estiam que esteja avaliado em cerca de três mil milhões de libras (cerca de 3,6 mil milhões de euros). Na verdade, há mais de 20 candidatos interessados em adquirir o Chelsea… entre os quais um português.

Ricardo Santos Silva é um dos interessados em adquirir o clube, tendo já apresentado uma proposta de de 2.000 milhões de libras (mais de 2.300 milhões de euros) através do fundo Aethel Partners, criado em 2014 e gerido pelo próprio e pela americana Aba Schubert.

Além disso, e de acordo com a Sky Sports, o fundo de investimento está disponível para injetar no imediato cerca de 60 milhões de euros para resolver problemas de tesouraria, até porque o Chelsea nem sequer tem dinheiro de momento para alugar aviões de modo a levar a equipa de futebol para os jogos.

Resta saber quem levará a melhor nesta espécie de leilão, até porque, ao que consta, já terá sido recusada uma oferta no valor de 3 mil milhões de libras. Recorde-se que, em 2003, Roman Abramovich adquiriu o emblema londrino por cerca de 155 milhões de libras.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

4ª temporada de You ganha data de estreia e é dividida em duas partes

Não foi especificada a quantidade de episódios de cada parte.

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.