Vão ser abertos 53 espaços de cowork em Portugal até junho

16 na Região Norte, 23 no Centro, três no Alentejo e 11 no Algarve.

10cowork
- Publicidade -

São cada vez mais os profissionais e empresas que apostam em espaços de cowork. Afinal de contas, para quê ter um espaço próprio e pagar rendas caras quando um simples espaço partilhado pode ser suficiente, além de ser possível criar sinergias com outros projetos?

Até ao final de junho deste ano, o território nacional vai contar com um total de 53 novos espaços de coworking. Os espaços, disponibilizados pelas autarquias, vão estar devidamente equipados com computadores, impressoras e acesso à Internet e vão ser divididos em áreas de diferentes tipologias, de forma a disporem de bancadas livres para diferentes períodos de ocupação, zonas privadas para videochamadas, áreas para reuniões e locais para a realização de apresentações ou ações de formação.

Vão localizar-se em espaços centrais, próximos de serviços, espaços culturais ou destinados à prática de desporto.

As Câmaras Municipais serão responsáveis pela divulgação destes espaços, através das respetivas páginas e redes sociais, publicando fotografias ou vídeos, para permitir a realização de visitas virtuais por parte de eventuais interessados, bem como toda a informação relativa às características do espaço, condições de utilização, calendário anual, horário de utilização e custo associado.

O teletrabalho e o coworking assumem particular importância para os territórios do Interior na redução da assimetria geográfica de ofertas profissionais, democratizando as oportunidades entre as regiões de elevada densidade populacional e as de menor densidade. A rede agora constituída, alinhada com os objetivos do Programa de Valorização do Interior, pretende incentivar a fixação de pessoas no interior do país e promover a partilha de experiências e ideias entre trabalhadores de vários contextos e origens.

Serão 16 na Região Norte, 23 no Centro, três no Alentejo e 11 no Algarve:

  • Região Norte (Amares, Arcos de Valdevez, Bragança, Cinfães, Macedo de Cavaleiros, Melgaço, Mirandela, Monção, Mondim de Basto, Paredes de Coura, Terras de Bouro, Valpaços, Vila Flor, Vila Nova de Cerveira, Vila Verde e Vimioso)
  • Centro (Abrantes, Aguiar da Beira, Alvaiázere, Ansião, Carregal do Sal, Castelo Branco, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Góis, Idanha-a-Nova, Mação, Oliveira do Hospital, Ourém, Penamacor, Penela, Proença-a-Nova, Sátão, Santa Comba Dão, Sever do Vouga, Vila de Rei, Vila Nova da Barquinha e Vouzela)
  • Alentejo (Alter do Chão, Alvito e Vendas Novas)
  • Algarve (Albufeira, Alcoutim, Castro Marim, Faro, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves e Tavira).
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Dr. Bernard abre espaço de cowork na Costa da Caparica

Os preços começam nos 10€ por dia.

Há um novo (e gigante) espaço de cowork em Lisboa

É o terceiro cowork da Idea Spaces em Lisboa, que anteriormente abriu espaços no Parque das Nações e no Palácio Sotto Mayor.

Cowork PLACES empresta salas de reuniões até outubro sem cobrar um cêntimo

E há também outra campanha para quem se quiser instalar ali permanentemente.

Lisboa vai ter o espaço de cowork mais sustentável do país

Uma central fotovoltaica, uma fachada bioclimática, parceria com a primeira cooperativa de energia renovável portuguesa, serviços worklife balance, acessibilidade e um programa cultural diferenciado. Estes são alguns dos pontos distintivos deste novo espaço de cowork em Lisboa, cortesia da marca portuguesa de hubs criativos de coworking Heden.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Moon Knight, a próxima série da Marvel, recebe trailer

Oscar Isaac apresenta-se formalmente aos fãs.

Yakuza Cascais – Aqui o sushi é mesmo diferente

Esqueçam os all you can eat desta vida e apostem em experiências inesquecíveis.

Roaming 5G da NOS funciona em 45 países

Em Portugal, a rede 5G da NOS está a chegar progressivamente a todo o país.