Portugal vai passar a Estado de Contingência a partir de 15 de setembro

Estão para chegar novas medidas restritivas.

Estado de Contingência
- Publicidade -

Foi hoje, em conferência de imprensa, após o final do Conselho de Ministros desta quinta-feira, que Mariana Vieira da Silva, ministra de Estado e da Presidência, referiu que todo o país ia entrar em Estado de Contingência a partir de 15 de setembro.

“Os números do último dia e aquilo que sabemos dos números de hoje mostram um aumento do número de casos e, por isso, apesar desta tendência decrescente na região de Lisboa e Vale do Tejo e da tendência relativamente constante ao longo da última quinzena, o Governo considera que aquilo que deve é continuar exatamente com as mesmas medidas que existiam até aqui na próxima quinzena”, afirmou durante a conferência.

Para já, o que acontece é que a área de Lisboa e Vale do Tejo permanece em situação de contingência. No que ao ao resto do país, continuará em vigor o Estado de Alerta. Porém, as coisas irão mudar a partir de 15 de setembro, pelo que podem esperar novas medidas restritivas.

“O Governo decidiu que na quinzena que se inicia a 15 de setembro, todo o país ficará em estado de contingência, para que possamos definir as medidas que precisamos de organizar em cada área para preparar o regresso às aulas e o regresso de muitos portugueses ao seu local de trabalho”, explicou a ministra Mariana Vieira da Silva.

As novas medidas serão apresentadas a 7 de setembro.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Já se pode embarcar em voos com destino ou escala em Portugal com apresentação de teste rápido

E os passageiros a quem seja detetada uma temperatura corporal igual ou superior a 38º serão também sujeitos à realização de teste rápido.

Ir a casamentos e batizados vai obrigar à realização de teste à COVID-19

Terão de ser os participantes a assegurar os próprios testes.

Novo teste rápido à COVID-19 promete a mesma fiabilidade dos testes PCR, mas a um fração do tempo e do custo

A obtenção de resultados é conseguida em cerca de 45 minutos, podendo este tempo ser reduzido para 25 minutos no caso da deteção por fluorescência em laboratório.

Pessoas com 60 anos ou mais já podem marcar online o dia em que querem ser vacinadas

Com o ritmo da vacinação a aumentar, o autoagendamento vai ficando disponível para um número cada vez maior de pessoas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Razer vai de mala cheia à E3 com o ultra-portátil mais avançado de sempre

E com um novo monitor e uma máscara de proteção avançada.

Receber em casa as famosas almôndegas acabadas de fazer da IKEA? Já é possível

Porém, as entregas só estarão disponíveis num raio de entrega de aproximadamente 10 minutos das lojas.