Porto vai ter um novo centro tecnológico com os melhores engenheiros do país

40 pessoas já trabalham remotamente. Até final do ano, serão contratados mais 140 funcionários.

hub tecnológico
- Publicidade -

Vai nascer na cidade do Porto um novo centro tecnológico que irá reunir uma “equipa de talentos multidisciplinar em áreas distintas”, relacionadas com tecnologias de informação, para a “criação de serviços em áreas como Acquiring, Sistemas de EPOS, CRM, Loyalty Manager e E-commerce”. Quem o diz é João Barros, presidente da Pagaqui, empresa portuguesa cuja quase totalidade do capital foi adquirida pelo grupo SaltPay.

Essencialmente, serão investidos 40 milhões de euros num novo hub tecnológico no Porto, cujo foco será a contratação de “engenheiros ao nível das infraestruturas tecnológicas e de software, constituindo-se, assim, como um centro de excelência a nível europeu”.

Neste momento, sabe-se que uma equipa de 40 pessoas já trabalha remotamente, sendo que, até final do ano, serão contratados mais 140 colaboradores. O hub, a ter um espaço físico lá para 2024, deverá eventualmente contar com um total de 550 trabalhadores.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

FlixBus inaugura nova rota que liga o Porto a Madrid

Os preços começam nos 19,99€ e variam em função da data da reserva.

Filme Porto chegou à HBO Portugal

O filme, de Gabe Klinger, foi rodado no Porto.

Porto. Cinema Batalha está a ser requalificado e reabre no início de 2022

Guilherme Blanc será o diretor artístico do novo projeto municipal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Reconstrução do Muro das Namoradeiras no Terreiro do Paço está finalizada

A reconstrução do Muro das Namoradeiras envolveu a inventariação de mais de 400 pedras que se encontravam depositadas nas instalações do Metro da Pontinha.

Não responder aos Censos 2021 dá origem a uma multa que vai dos 250 até um máximo de 100 mil euros

Sim, é mesmo essa informação que surge no Decreto-Lei n.º 54/2019 de 18 de abril.

Testagem gratuita à Covid-19 alargada a todos os moradores da cidade de Lisboa

Quer isto dizer que o Plano Municipal de Testagem, anunciado em março passado, deixa de estar limitado aos moradores das freguesias com mais de 120 casos por 100 mil habitantes e a cidadãos maiores de 16 anos.