Há novidades para provar nas pizzerias Zero Zero

Em equipa vencedora não se mexe e é exatamente com este lema em mente que a carta das pizzerias Zero Zero – no Parque das Nações e no Príncipe Real – foi atualizada.

Não se apoquentem os corações mais sensíveis, até porque nenhum prato saiu da carta (à excepão do Pappardelle): a Burrata com prosciutto crudo di parma 18 mesi (17€) mantém o seu lugar cativo nas opções de Antipasti e a pizza de Fichi e prosciutto crudo di parma (17,5€) vai continuar a deliciar quem se aventure nas Pizze Speciali.

As novidades da carta incluem-se antes noutros capítulos onde reinam o arroz e a massa: o Risotto ai Gamberi e Asparagi (17,5€) vem tornar a oferta dos risottos ainda mais atrativa. Este, com gambas e espargos, é suave, mas cremoso como dita a gastronomia italiana e bastante saboroso. Esquece a ideia de que um risotto é um prato pesado – este é ideal para qualquer momento de refeição e ainda deixa espaço para o guloso Millefoglie al caramello salato (6€).

Nas propostas de Pasta, os Ravioli, de tão apreciados, servem-se com novos ingredientes: a nova proposta chega recheada com espinafres e ricota (14€) e servida com molho de tomate (e parmesão ralado para os apreciadores de queijo), alargando a oferta vegetariana da Zero Zero.

As novidades não se extinguem nos pratos principais. Aliás, assumem maior expressão nos cocktails. O famoso Corleone (6€), que roubou o apelido à família italiana de maior sucesso internacional, não tivesse sido imortalizada por Mario Puzo, na saga O Padrinho (além de ser uma comuna da região da Sicília), mantém-se e recebe agora seis novos colegas de menu.

[photonic type=”flickr” user_id=’162621154@N05′ view=’photosets’ photoset_id=’72157698891211931′ media=’photos’ tag_mode=’any’ sort=’date-posted-desc’ layout=’random’ caption=’none’ thumb_size=’n’ main_size=’o’]

A carta cresceu e invoca a referência italiana de várias áreas: da geografia às artes. O Stromboli (10€) deve o seu nome a uma pequena ilha vulcânica do arquipélago da Sicília (para os foodies a associação leva-nos a um pão recheado com queijos e charcutaria, à semelhança da bôla portuguesa) e o gin Bombay Saphire é o seu destilado de eleição, servido com frutos vermelhos e sumo de lima. O Soprano (8€), também feito com gin – Bulldog – leva sumo de maracujá, limoncello, sumo de limão e manjericão. Tanto o Camorra (8€) como o Monte Cristo (8€) têm na base vodka Titus – o primeiro é servido com ginger beer, frutos vermelhos, sumo de limão e hortelã e o segundo faz-se acompanhar de sumo de maçã, sumo de lima, gengibre e canela. Já o Cinque Terre (13€), destino de sonho, é uma mistura de gin Mare, puré de manga, sumo de maracujá, lima e alecrim.

O Capri (5€), a idílica ilha italiana, nomeia o novo e único cocktail sem álcool. Esta mistura de puré de manga, sumo de maracujá, lima e laranja é uma dose de autêntica frescura com sabor a Verão.

Estas novidades estão disponíveis na pizzeria Zero Zero do Parque das Nações. No Príncipe Real podem provar-se os Ravioli di ricotta e spinaci, e todos os novos cocktails.


 

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,850FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Há mais um Ristorante Pizzeria S. Martino na Baixa do Porto

Localizada na Rua 31 de Janeiro, junto à Igreja de Santo Ildefonso, a nova pizzeria apresenta uma decoração requintada, sem esquecer o ambiente familiar e acessível a que já habituaram os clientes.

Pizza Hut abriu três novos restaurantes este mês

A marca bem tinha prometido que ia abrir três restaurantes na semana passada. Pois bem, Rio Tinto,...

As Luzzo Pizzarias já têm o seu próprio vinho

Quando pensamos numa boa garrafa de vinho, pensamos sempre em acompanhar com um prato de carne...

Jamie Oliver abre pizzaria em Lisboa

Depois do sucesso do Jamie's Italian, seria questão de tempo até que Jamie Oliver abrisse um...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Onee Chanbara Origin

Bikinis, Samurais e Zombies – sejam bem vindos ao jogo mais desconfortável, exagerado e desnecessário de 2020.

Chegou o primeiro café biológico da Nespresso

Para produzir este blend único, pequenos produtores colhem cuidadosamente as cerejas do café, a 1000 metros de altitude, no coração das encostas dos Andes.