Pixies vêm a Portugal dar um concerto no Campo Pequeno

Marquem na agenda: 25 de outubro. É este o dia em que os norte-americanos Pixies regressam a Portugal para mais um concerto, desta vez no Campo Pequeno.
O mote é a apresentação do novo álbum, com lançamento previsto para o mês de setembro. Esta digressão, que marca o seu regresso à estrada após dois anos de pausa, terá início em setembro no Reino Unido, e terá passagem por 33 cidades e 16 países europeus.

- Publicidade -

Black Francis, Joey Santiago, David Lovering e Paz Lenchantin, elementos da banda, além de virem tocar o novo álbum, prometem passar pelo seu repertório mais antigo,e tocar alguns dos temas mais emblemáticos da sua carreira. Neste caso, a banda afirma não se querer guiar por uma setlist, mas improvisar consoante o ambiente da sala e do público.



O tão aguardado novo trabalho de Pixies, o oitavo álbum de estúdio, e o segundo da banda desde que nomearam Paz Lenchante como baixista, foi gravado em dezembro de 2018 na Dreamland Recordings em Nova Iorque, com o produtor Tom Dalgety (Ghost, Royal Blood), também responsável pelo disco de Pixies de 2016, Head Carrier.

Quanto aos bilhetes, são postos à venda esta sexta-feira, dia 5 de abril, variando entre os 35€ e os 45€.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,383FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Trivium regressam a Portugal em 2021

Será que vão ter novamente o cantor Toy como convidado especial?

Google Pay está finalmente disponível em Portugal!

Mas para já, somente disponível nas fintech Bunq, Curve, Monese, N26, Revolut, Transferwise e Viva Wallet.

Ghostemane regressa a Portugal em novembro de 2021

Ainda este ano, antes da pandemia, Ghostemane deu espetáculos em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Clientes Revolut já podem aceder às suas contas através do PC

Está agora disponível uma web app online para clientes.

Behemoth e Arch Enemy dão concertos em Portugal em outubro do próximo ano

Duas das mais aplaudidas bandas do metal extremo contemporâneo: de um lado, um grupo clássico do death metal; do outro, um dos projetos emergentes mais interessantes dos últimos anos.