Pixels Camp: Plataforma que faz lista de compras a partir de uma receita foi a mais votada

por Echo Boomer

Chama-se Salazar e foi o projeto mais votado no Pixels Camp, o evento de tecnologia e criatividade que decorreu nos últimos três dias em Lisboa. A plataforma que ouvia uma receita, a partir de um vídeo ou programa de televisão, e fazia automaticamente a lista de compras e a contagem das calorias, revelando quando o limite diário recomendado seria ultrapassado, recebeu cerca de 8.000€ em prémios.

Nesta 3ª edição do evento organizado pela Bright Pixel, que decorrer no Pavilhão Carlos Lopes, estiveram mais de 600 programadores, designers, criativos e aficionados da tecnologia de 12 países. Ao todo, mais de 50 equipas subiram a palco e apresentaram, em apenas 90 segundos, as suas ideias na área da impressão 3D, e-commerce, projetos sociais, Internet of Things, retalho autónomo, pagamentos em criptomoedas, gaming, soluções aplicadas ao turismo, entre outras.

Foram precisamente as questões sociais foram as que receberam mais soluções, focando-se no bem-estar de idosos e crianças e na integração de migrantes. O projeto Kind, um chatbot para combater o ciberbullying, recebeu 2.000€ e horas de mentoria com a Maze, do Hack for Good da Fundação Calouste Gulbenkian.



Esta edição ficou também marcada pelo lançamento do Taikai, a plataforma utilizada durante este Pixels Camp para submissão e votação de projetos. Nesta plataforma, 292 participantes organizados em equipas submeteram 88 projetos, que foram depois investidos por 1.369 membros da comunidade, mais um júri, que realizaram mais de 10.400 transações com a moeda KAI.

Além da habitual maratona de programação (hackathon) e das mais de 100 palestras e workshops que decorreram durante os três dias, o Pixels Camp 3.0 contou ainda com uma programação especial dedicada ao empreendedorismo, no evento Insert Coin Live, onde o foi revelado o vencedor do concurso. A Blockbird.data, plataforma de auditorias e tratamento de dados baseada em blockchain, foi a grande vencedora, que conta agora com 30.000€, em valor monetário e em serviços de apoio à criação do negócio, para se desenvolver.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: