Peoople agora dá prémios surpresa todos os dias através das Mystery Box

Mas isso não significa que ganhemos alguma coisa.

Peoople

Com a explosão do Tik Tok durante a quarentena, muitos utilizadores acabaram por esquecer-se da existência da rede social Peoople, que paga por recomendações. Porém, a rede continua ativa e cheia de força, apresentando novidades de forma regular.

Agora, e já depois de ter tornado possível seguir coleções criadas por outros utilizadores, bem como ter ativado as estatísticas do nosso perfil, eis que chega uma novidade para celebrar os 4 milhões de utilizadores: a Mystery Box.

Como o nome indica, estas são caixas especiais com prémios surpresa que a equipa da Peoople selecionou para os utilizadores. A cada 24 horas, os utilizadores poderão aceder a uma nova Mystery Box desde a Wallet.

E pode haver um pouco de tudo. Gift cards, produtos tecnológicos, ténis… basicamente qualquer coisa que já tenha sido promovida pela Peoople.

Claro, no meio de 4 milhões de utilizadores será extremamente difícil conseguirem algo, mas só tentando é que terão essa possibilidade.

Caso sejam um dos afortunados, a equipa Peoople irá entrar em contacto convosco para detalhar a entrega do produto.

Os vencedores de cada dia terão ainda uma insígnia exclusiva no seu perfil que durará 24 horas.

Sigam-nos

10,851FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Rede social Peoople deixa-nos agora ver as estatísticas do nosso perfil

A novidade chega já depois de terem ativado a dupla comissão no nível Influencer.

Já é possível seguir coleções na Peoople

9 em cada 10 pessoas pediram constantemente esta funcionalidade.

Peoople. Que rede social é esta que toda a gente está a falar?

Sim, é mesmo assim que escreve. Peoople. Surgiu em 2017, e, em menos de três anos, conseguiu dois milhões de utilizadores. Chegou recentemente a Portugal e, desde então, os portugueses ficaram loucos. Mas porquê?
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – On the Rocks

On the Rocks não parece um filme, mas sim uma história real com pessoas reais… pelo menos até ao terceiro ato.