Atenção, as pastas branqueadoras não branqueiam os dentes

- Publicidade -

Esta é, na verdade, uma publicidade enganosa. Afinal de contas, quando vemos pastas branqueadoras nos super e hipermercados com embalagens que referem a palavra “branqueadora”, não é isso que estamos a levar para casa. O que na verdade acontece é que estas pastas apenas eliminam as manchas, à semelhança do que acontece com os dentífricos normais.

Por outras palavras, não, estas pastas não alteram a cor dos dentes. Este é um caso que começou por ser denunciado em Itália pela Altroconsumo, congénere italiana da DECO, e que levou a uma ação judicial contra a Henkel, a Unilever e a Colgate.

Naquele país, tanto a Henkel como a Unilever aceitaram alterar o que diziam nas embalagens, mas a Colgate não cedeu. Perdendo o processo em tribunal, a marca foi condenada não só a fazer alterações às palavras utilizadas, como a pagar 500 mil euros de multa.

Numa análise realizada em 2017, a DECO constatou que as tais pastas branqueadoras não branqueiam os dentes, tendo alertado o Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde para os resultados do teste. E embora a DECO queira a palavra “branqueadora” eliminada das embalagens, tal ainda não aconteceu na prática.

Estas pastas que branqueiam os dentes não o fazem efetivamente porque, para isso acontecer, as substâncias branqueadoras têm de penetrar no dente e atingir a dentina, o que dificilmente se consegue com a escovagem.

É perfeitamente normal que os dentes fiquem amarelados à medida que a idade avança, mas não se esqueçam da vossa higiene oral diária. Exemplos disso são lavar os dentes, pelo menos, duas vezes por dia durante dois minutos e passar duas horas sem comer após a escovagem. E é muito importante ir ao dentista…

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes