OLIO. Esta app permite-nos doar comida e outras coisas a quem realmente precise

O objetivo aqui também é evitar o desperdício. A diferença é que não envolve vendas (mas também podem promover produtos caseiros que queiram eventualmente vender).

OLIO
- Publicidade -

Muito se tem falado nos últimos tempos sobre o desperdício alimentar. Com apps como a Too Good To Go e Phenix a ajudarem a resolver esta problemática, também marcas amplamente conhecidas começam a definir planos para evitar ao máximo o desperdício.

Por exemplo, a 29 de setembro, dia em que se assinalou o 1º Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentares, a Sonae MC arrancou com o projeto LIFEFood Cycle, uma plataforma que permitirá às lojas Continente gerir as suas quebras de forma mais digital, otimizando a doação a instituições de solidariedade e a vender, a parceiros comerciais, os seus produtos alimentares em risco de quebra, por um preço que se prevê mais baixo.

Mas não seria bom se existisse uma plataforma que permitisse na mesma evitar o desperdício, mas sem envolver vendas/compras? Pois bem, existe mesmo. Chama-se OLIO e está disponível em Portugal.

O objetivo da OLIO é mesmo disponibilizar produtos ótimos para consumo, mas para quem realmente necessita. Segundo o que conseguimos perceber, e pelo menos para já, quase todos os utilizadores estão concentrados na zona de Lisboa. Contudo, basta que mais pessoas saibam da existência desta app para que a mesma se possa expandir pelo resto do país, por assim dizer.

O melhor de tudo? Tanto podem doar produtos alimentares como outro tipo de objetos. No momento de escrita deste artigo, reparamos que podem ir recolher saquetas de chá, café descafeinado, cookies da Prozis, papa Cerelac, arroz integral, snacks para gatos, entre outros coisas. Isto na secção Food.

Já na secção Non-food, há coisas tão diferentes que podem recolher, como copos, molduras, relógio de parede, ferro para cabelo, cortina de banho, flores artificiais, entre outros produtos. Ou seja, e um pouco à semelhança da Phenix, podemos evitar o desperdício de várias coisas. A única diferença é que não temos de pagar por isso.

Em todo o caso, a app tem também um separador que diz “Made” e que, essencialmente, serve para vender comida caseira. Podem também vender peças artesanais, desde que feitas por vós. Neste caso, devem somente pagar quando efetuarem no local a recolha do que “compraram” na OLIO.

A app só está disponível em Inglês, mas tem muito que explorar. Aproveitem e fiquem a conhecer esta nova app, ajudando a combater o desperdício alimentar (e não só).

Sigam-nos

12,407FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
655SeguidoresSeguir

Relacionados

REV. App dos The Gift vai ter programas individuais desenvolvidos por cada um dos membros da banda

REV é o reflexo da palavra VER e é a oportunidade de conhecer os The Gift por dentro.

The Gift criam aplicação que conta a história da banda

A app REV conta também com conteúdos exclusivos, como vídeos making of, vídeos oficiais das músicas, documentários e concertos antigos gravados ao vivo.

App da Web Summit já está pronta para a nova edição

A app da Web Summit foi renovada para a edição de 2020 e já está pronta para iOS e Android.

Câmara Municipal de Almada lança app que permite saber mais sobre o município

Fica disponível este domingo, 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há novos equipamentos made in Portugal que ajudam a combater a COVID-19

São dois modelos distintos e uma solução de engenharia.

Análise – PonPu

Pato mutantes, ovos explosivos e personagens disformes – sejam bem vindos ao mundo de Ponpu!