Continente está a desenvolver plataforma para combater o desperdício alimentar

O Continente será a primeira marca a nível europeu a deter uma plataforma digital de gestão de doações e venda (B2B) dos seus excedentes.

LIFEFood Cycle

No dia em que se comemora o 1º Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentares, a Sonae MC arranca com o projeto LIFEFood Cycle, uma plataforma que permitirá às lojas Continente gerir as suas quebras de forma mais digital, otimizando a doação a instituições de solidariedade e a vender, a parceiros comerciais, os seus produtos alimentares em risco de quebra, por um preço que se prevê mais baixo.

Melhorar a sustentabilidade do sistema alimentar é o objetivo do projeto LIFEFood Cycle, desenvolvido em consórcio com a Phenix, sobre a qual já falámos aqui no Echo Boomer, e cofinanciado em 55% pelo programa LIFE da União Europeia – o instrumento de financiamento europeu para o ambiente e a ação climática.

O LIFEFood Cycle vai tornar mais eficiente o processo das doações solidárias, aumentando o total da quebra que se consegue reaproveitar para instituições de apoio social e animal, em simultâneo com as vendas B2B que será uma novidade. Os colaboradores da empresa também beneficiam destes produtos que são disponibilizados nas áreas sociais das lojas e entrepostos Continente.

A futura plataforma permitirá também a venda B2B a parceiros comerciais, permitindo recuperar mais produtos que perderam o seu valor comercial, a um preço previsivelmente mais baixo do que nas lojas físicas. 

De resto, realçar ainda que o Continente tem outros iniciativas para combater o desperdício alimentar nas suas lojas, como por exemplo, a venda, por apenas 0,50€/kg, das caixas de 5kg com frutas e legumes que estão perto de ultrapassar o ponto ótimo de consumo. As Caixas Zer0% Desperdício estão atualmente em vigor em 29 lojas, mas está a ser estudado o alargamento às restantes, evitando o desperdício de 25 toneladas de frutas e legumes por ano.

Além desta caixa, a marca está a aproveitar o desperdício gerado na produção das maçãs e peras IGP transformando-as em snacks de fruta desidratada, à venda por 0,69€ cada embalagem de 20g, mas não só: também há sumos naturais que levam apenas estas frutas espremidas, sem qualquer adição de açúcar ou água, como o sumo 100% maçãs de Alcobaça de 1,5l por 2,99€.

O projeto da Banana Solteira, numa colaboração entre Continente e Bagga, permite combater o desperdício das bananas que foram retiradas dos cachos e deixadas soltas nas lojas Continente. As bananas são colocadas à venda a preço fixo (0,50€) nas cafetarias Bagga.

Sigam-nos

10,844FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Já é possível reutilizar embalagens na charcutaria e take away no Continente

Este projeto piloto arrancou no Continente Modelo de Vila do Conde.

LISBOA ZERO. A plataforma que vem combater o desperdício alimentar

Esta plataforma tem como cidade piloto Lisboa, mas o objetivo é ser replicada mundialmente, combatendo o desperdício alimentar.

Está de volta ao Continente a maior Feira dos Animais do país

E há descontos diretos de até 50% em vários produtos para os patudos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

CP – Comboios de Portugal vai ter 22 novos comboios regionais

Tudo devido a um contrato de aquisição assinado com a Stadler.

As bolachas italianas da Misura chegaram a Portugal

A distribuição da marca é assegurada pela sobejamente conhecida Ferbar.

GALLERIA é o novo espaço exclusivo de compras e lazer do NorteShopping

Este projeto materializa um conceito inédito e inovador em Portugal, com um posicionamento premium e uma oferta distintiva.