O novo router RT6600ax é o primeiro da Synology com certificação Wi-Fi 6

- Publicidade -

Algo que proporciona uma ligação mais fiável, graças a melhorias na encriptação de dados, programação e isolamento do sinal.

Aceder à Internet devia ser uma tarefa simples. Algo ao estilo de plug and play, em que, assim que o serviço fica disponível na nossa residência, devia bastar algo como ligar o nosso dispositivo à rede para termos a melhor performance possível. Mas infelizmente não é bem assim.

Na verdade, não só os routers facultados pelos ISP nacionais não oferecem, de todo, a velocidade contratada – há quem tenha ligações de 500 megas, mas com routers que nem sequer suportam o espetro de 5Ghz -, como não contam com funcionalidades avançadas que outros dispositivos garantem, como é o caso do nível de configuração, segurança, flexibilidade ou de abrangência de opções de personalização. E isso faz com que os utilizadores mais preocupados com o seu serviço procurem um router melhor dentro do seu orçamento.

Mas a grande questão é: qual router escolher e que permita um misto de excelentes velocidades com avançadas tecnologias de segurança? Esse dispositivo tem um nome: RT6600ax da Synology, empresa que cria soluções de armazenamento em rede, vigilância IP e equipamento de rede que transformam a forma como os utilizadores gerem os dados, conduzem a vigilância e gerem as redes na era da cloud.

Várias novidades que melhoram a Internet do futuro

Synology RT6600AX

A nova proposta da empresa começou a chegar ao mercado europeu a 11 de maio e tem um objetivo muito claro: proteger as redes, mas sem descurar uma conectividade rápida. E para isso, este novo router recorre ao SRM 1.3, última versão do sistema operativo intuitivo da Synology para routers.

Da nova versão, destaca-se a possibilidade de criar até cinco redes independentes, cada uma disponível para atribuir até três SSID Wi-Fi. Além disso, as regras de firewall unidirecional podem ser configuradas de forma independente para cada rede, o que significa que é possível limitar a conectividade de e para dispositivos menos seguros, tais como equipamentos IoT.

Mas o SRM 1.3 tem outras mais-valias. A saber:

  • Conjunto de aplicações para filtrar a web: Agora, podem ser criados perfis de rede específicos para dispositivos que não pertencem a nenhum utilizador, mas requerem controlo do acesso à Internet, tais como guest ou novos dispositivos. Desta forma, será possível, por exemplo, limitar o tempo de utilização de Internet ou bloquear a navegação quando existem determinadas condições – como resultados de pesquisa inadequados para o YouTube, Google, Bing e DuckDuckGo.
  • Controlo de tráfego: Basicamente, a banda disponível poderá ser alocada, em caso de necessidades específicas, para um único cliente ou aplicação. A partir daí, podem ser gerados relatórios de tráfego de modo a permitirem uma auditoria granular;
  • Acesso remoto: Os trabalhadores têm várias possibilidades, tais como estabelecer ligações de alto desempenho a um cliente dedicado através de múltiplos protocolos (SSL VPN); estabelecer pontes entre múltiplos locais para partilhar facilmente recursos através de diferentes redes (Site-to-Site VPN); permitir a operação remota de dispositivos compatíveis com a norma RDP/VNC (Remote Desktop).

O primeiro router da Synology com certificação Wi-Fi 6

Mas este router RT6600ax da Synology não se faz apenas de proteção de rede. Tal como demos a entender no início deste artigo, é cada vez mais necessário routers preparados para as novas velocidades de internet. E este equipamento é mesmo à prova de futuro, ou não fosse o primeiro router da Synology com certificação de Wi-fi 6, que traz vantagens como uma ligação à Internet mais fiável, bem como melhorias na encriptação de dados, programação e isolamento do sinal.

Em Portugal, ainda são poucos os portugueses com uma ligação gigabit, mas este RT6600ax vai ainda mais longe, ao contar com uma porta configurável 2.5 GbE para a implementação de WAN ou LAN. Essencialmente, os utilizadores podem tirar partido de ligações multi-gigabit à Internet.

O melhor de tudo? Tem suporte para o novo espetro de 5,9 GHz, que não só desbloqueia canais não DFS a 80 e 160 Hz, como será capaz de transmissões sem fios na ordem dos 6,6 Gbps. É realmente impressionante. E podem ficar descansados: graças a um processador quad-core de 1,8GHz, o router RT6600ax não terá qualquer problema para aguentar as altas velocidades e vários dispositivos ligados ao mesmo tempo.

O router Synology RT6600ax tem um valor de 269€ sem IVA (PVP recomendado com IVA de 325,49€), sendo que o preço final dependerá sempre dos revendedores. Em Portugal, a principal distribuidora é a CLOUD IT, mas podem adquirir este equipamento através de várias plataformas online, como a Amazon e marketplaces da FNAC e Worten, entre outros.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes