O Boticário lança produtos feitos com recurso à inteligência artificial

Chamam-se Egeo ON You e Egeo ON Me e são as primeiras fragrâncias do mundo desenvolvidas com a ajuda de inteligência artificial. O Boticário juntou-se à Symrise para, em conjunto, pensarem em novidades para os millennials.

- Publicidade -

Assim, com recurso a avançados algoritmos de machine learning da IBM Research, que cruzaram milhões de fórmulas e matérias-primas para identificar padrões e novas combinações, surgiram três novos produto: Egeo On You EDT (29,99€, 90ml), Egeo ON You Shower Gel 3 e 1 Cabelo e Barba (9,99€, 200g) e Egeo ON Me EDT (29,99€, 90ml).

Estes produtos vão estar à venda nas 57 lojas d’O Boticário do pais, bem como online e revendedores a partir de 20 de janeiro.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Nova SBE lança curso gratuito de Inteligência Artificial

Com uma duração total entre 30 e 60 horas.

Produtos das lojas O Boticário podem agora ser pedidos no Uber Eats

Eis que começam os pequenos passos para o Uber Eats se tornar uma Amazon do immediate delivery.

Este site está cheio de imagens de pessoas que não existem

Querem assustar-se com o poder da inteligência artificial? Então visitem esta nova página viral. Chama-se ThisPersonDoesNotExist.com e, como o nome...

Huawei vai aumentar o investimento anual em Investigação e Desenvolvimento

A Huawei anunciou recentemente que vai aumentar o investimento anual em Investigação & Desenvolvimento (I&D) até 17,5 mil milhões de...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio da Hungria fica para a história graças a um Alpine e a um Mercedes

O Grande Prémio da Hungria fica marcado por uma primeira volta cujos acontecimentos, proporcionados em grande parte pelo Mercedes nº 77, conseguiram meter 5 pilotos de fora, mas também pela vitória de Esteban Ocon e ainda por termos não um, mas dois carros da Williams nos pontos.

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.