Ação, espionagem e luta chegam este mês ao Xbox Game Pass

Como já é costume, foi anunciada mais uma mão cheia de jogos para o Xbox Game Pass, que agora inclui alguns títulos também para a subscrição disponível no PC.

O mês de julho vê chegar mais seis jogos, sendo que dois são apenas para PC, outros dois apenas para Xbox e os dois restantes para ambas as plataformas, numa seleção bem equilibrada.

Esta semana, os subscritores vão poder fazer o download de Night Call no PC, Metal Gear Solid V na Xbox One e The Banner Saga 3 nas duas plataformas.

Para a semana, esta distribuição continua com Resident Evil 4 na Xbox One, For the King para PC e Killer Instinct para os dois lados.

O Xbox Game Pass existe com três opções: Xbox Game Pass para consola por 9,99€ mês, o Xbox Game Pass para PC por um preço limitado de 3,99€ mês e o Xbox Game Pass Ultimate, que inclui acesso à biblioteca do PC da Xbox e aos benefícios do Xbox Live Gold.

Para ficarem a conhecer mais sobre estes novos serviços, visitem o site da Xbox e comecem já a jogar.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

Injustice: Gods Among Us está temporariamente grátis para PC e consolas

Um miminho da NetherRealm Studios e da Warner Bros. Interactive Entertainment. E logo na versão Ultimate!

Adiciona 700 jogos à tua biblioteca e ajuda a combater a injustiça racial

O itch.io lançou uma campanha fantástica em suporte do movimento Black Lives Matter.

Análise – Streets of Rage 4

Um regresso ao passado que irá deliciar os fãs do género e da série clássica da SEGA.

Predator: Hunting Grounds recebe Arnold Schwarzenegger e fica automaticamente melhor

O ator volta a interpretar Dutch, no novo jogo para PC e PlayStation 4
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.

Análise – Mr. Driller DrillLand

Uma remasterização do clássico de 2002 que pouco adiciona ao original no que toca a conteúdos.