Novo saco de peixaria do Continente tem menos 40% de plástico

Boas iniciativas a pensar no planeta.

saco de peixaria
- Publicidade -

E porque não podemos passar todo o tempo a falar da pandemia de COVID-19, eis que há agora uma boa novidade a pensar no futuro do planeta. Acaba de chegar ao Continente o novo saco Sea Wrap, o mais recente projeto da marca com o objetivo de reduzir a utilização de plástico nas embalagens.

Este é um saco de peixaria feito de papel, 100% reciclável e revestido no interior por uma camada fina de polietileno, que evita o derrame de líquidos e garante a total conservação do produto.

A grande vantagem deste saco de peixaria que conta com menos 40% de plástico do que é habitual. Além disso, e isto já no momento da reciclagem, será possível separar facilmente o papel do plástico, destacando-se na parte de trás a zona assinalada.

Depois, basta colocar o plástico no contentor amarelo e o papel no azul. Aliás, este Sea Wrap o pretexto perfeito para abordar o tema da reciclagem junto dos mais novos.

Recorde-se que, anteriormente, o Continente assumiu o compromisso de antecipar para 2025, a ambição definida pela União Europeia para 2030, de reduzir (ou mesmo eliminar quando possível) a utilização de materiais de plástico de origem fóssil no que diz respeito aos produtos de marca própria. A insígnia irá assegurar que todos têm embalagens reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Continente abre duas novas lojas no distrito de Lisboa

Uma é mesmo em Lisboa, a outra fica em Carcavelos.

Continente abre nova loja em Lisboa

Criou 15 postos de trabalho.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Partilha. Ex-concorrentes de Hell’s Kitchen abriram restaurante em Braga

O espaço foi inaugurado em outubro do ano passado e funciona de terça a sábado.

Troço da EN10 entre Marateca e Pegões será integralmente reabilitado

A concretização deste projeto assegurará a melhoria das condições de circulação, segurança e conforto dos milhares de utentes que diariamente circulam na EN10.