Novo centro de distribuição da Sonae é o maior entreposto refrigerado em Portugal

Tem um total de 70 mil m2.

- Publicidade -

Foi hoje inaugurado, na Azambuja, o novo edifício do Centro de Distribuição da Sonae MC. É o maior entreposto refrigerado em Portugal.

O projeto resulta de um investimento da Sonae MC na expansão dos Entrepostos da Azambuja e da Maia, este último previsto para 2022, em cerca de 50 milhões de euros, entre estrutura e equipamentos. A expansão do Centro de Distribuição da Sonae MC na Azambuja criou mais 300 novos postos de trabalho e vem aumentar a capacidade e a rapidez de abastecimento às lojas Continente da região centro e sul do país.

Com um total de 70 mil m2, o Centro de Distribuição da Sonae MC na Azambuja permite receber e armazenar produtos do país inteiro, sem perderem a frescura, e distribuí-los por todo o Centro e Sul de Portugal Continental, Madeira e Açores. Diariamente saem mais de 9000 paletes de produtos para abastecer as lojas Continente.

O projeto de ampliação do Entreposto da Azambuja inclui a integração do novo Centro de Pescado, que recebe toda a operação que se encontrava em Santarém e aumenta a capacidade de abastecimento. Integra ainda a nova unidade de acondicionamento e preparação do peixe refrigerado (incluindo bacalhau salgado). O objetivo da Sonae MC é concentrar o envio dos produtos frescos das lojas sul do país no mesmo local, recolhendo os produtos frescos de madrugada e entregando os pedidos das lojas em 24h.

O novo Entreposto foi todo construído com preocupações sustentáveis, desde o design à manutenção, passando pela construção e operação, permitindo a certificação internacional LEED Gold (Leadership In Energy & Environmental Design) pelo United States Green Building Council, uma das mais reconhecidas entidades mundiais de Certificação de Projetos Imobiliários Sustentáveis.

O novo edifício está equipado com inovadores sistemas de refrigeração e isolamento mais eficientes em termos energéticos e mais amigos do ambiente. A entrega conjunta de produtos frescos permite fazer menos 20% de entregas às lojas, uma redução de 1.400.000 km percorridos por ano e o equivalente a uma poupança de 1.100 toneladas de CO2 por ano.

Com 6.900 painéis, uma potência de 3MWp e uma produção anual de 4GWh, a Sonae MC, através da Elergone Energia, assegura 30% da potência da central fotovoltaica da Azambuja. Com 20 mil m2 de área, esta é uma das maiores centrais de autoconsumo em cobertura na Península Ibérica e evita, anualmente, a produção de mais 1000 toneladas de CO2.

Mas nem tudo são boas notícias. Durante o evento de inauguração, o administrador da Sonae MC, Miguel Águas, admitiu ser “inevitável” que haja aumentos de custos ao longo da cadeia devido à subida do preço do combustível, mas que a empresa tem trabalhado para que o impacto não venha a ser sentido pelos clientes.

Como o preço dos combustíveis é algo que impacta os custos de transporte de mercadorias, “essa crise pode levar até que o setor como um todo acabe por ter impactos ou na sua conta exploração ou impacto no custo dos próprios produtos para os consumidores”, disse o responsável aos jornalistas presentes no evento de inauguração do novo centro de distribuição.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

CTT instala novos cacifos em 15 lojas Sonae

Estão espalhados por lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia e note!.

Há mais três lojas Meu Super em Portugal

A SONAE MC continua a abrir lojas de proximidade em todo o território nacional. No passado mês de dezembro, a empresa abriu mais três lojas Meu Super.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Shadows of Kurgansk – Fujam desta Zona de Exclusão

Mais um jogo de sobrevivência que faz o mínimo para se destacar.

Setúbal vai ver nascer uma nova biblioteca municipal

Porém, os detalhes são escassos, para não dizer inexistentes, por agora.