Espreita a Ilha de Iki nas novas imagens de Ghost of Tsushima Director’s Cut

A PlayStation revelou novas imagens da expansão de Ghost of Tsushima incluída na sua Director’s Cut.

- Publicidade -

Já sabemos que Ghost of Tsushima é um jogo belíssimo, com um mundo cheio de cor e diverso em cenários.

Em breve, haverá mais uns quantos para explorar na nova região do jogo, a Ilha de Iki, que tem as portas abertas na expansão incluída em Ghost of Tsushima Director’s Cut.

A caminho do lançamento, a PlayStation revelou agora novas imagens dessa região. Segundo a descrição do comunicado: “Entre as imagens divulgadas é possível ver Fort Sakai, uma imponente fortaleza construída pelos samurais que tentaram conquistar a Ilha de Iki, e Raiders Cove, um misterioso covil de piratas escondido nas falésias de Iki. Os jogadores também poderão explorar Saruiwa, onde os assaltantes mais supersticiosos deixam ofertas, ou ver um pouco mais de Senjo Gorge.”

Esta nova região, que conta com as suas próprias histórias, segredos e ligações a Jin Sakai, vai ficar disponível a partir do dia 20 de agosto na Ghost of Tsushima Director’s Cut, cujo lançamento está previsto para a PlayStation 4 e PlayStation 5, onde estão prometidas otimizções da nova geração.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Custódia Gallego é a voz da “Guerreira Misteriosa” em Ghost of Tsushima Director’s Cut

A Tribo da Águia controla a Ilha de Iki, na expansão de Ghost of Tsushima.

Análise – Ghost of Tsushima Director’s Cut (PlayStation 5)

É mais Ghost of Tsushima para os fãs do aclamado jogo da Sucker Punch.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Exames de acesso ao ensino superior poderão ser usados durante quatro anos

E os alunos podem escolher a melhor qualificação se optarem por repetir as provas.

Gleylancer – Da Mega Drive, com Amor

O título da Masaya Games chega finalmente ao ocidente, 29 anos depois da sua estreia.

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.