As novas embalagens da SICAL dão-nos mais informações sobre as origens dos diferentes cafés

O foco? A sustentabilidade do café.

- Publicidade -

A marca de cafés portuguesa SICAL anunciou recentemente uma nova e renovada imagem para as embalagens de café torrado moído e café em grão. As embalagens estão mais modernas, intuitivas e com mais informação, permitindo um maior conhecimento sobre os vários tipos de café, as diferentes origens e métodos de preparação.

Redesenhadas a pensar em todos, a nova imagem das embalagens pretende destacar-se da concorrência, mantendo-se em linha com as marcas especialistas premium em todo o mundo. Uma das diferenças mais evidentes é o selo informativo presente na frente e no verso da nova embalagem, onde é possível ler toda a informação sobre a composição de cada blend – algo nunca feito noutras embalagens.

As embalagens salientam ainda o selo de cultivo sustentável, que garante que o café é certificado pela 4C (Associação do Código Comum para a Comunidade do Café), uma entidade independente que assegura que os grãos de café respeitam determinados critérios de sustentabilidade. Desta forma, é possível rastrear os grãos de café e respetivos produtores, permitindo maior envolvência com as comunidades.

A marca disponibiliza uma gama inspirada em várias origens do café, baseadas em diferentes cidades: Dak Lak no Vietname, Kerala na Índia, Nyeri no Quénia, Espírito Santo no Brasil, Masaka no Uganda e Santa Bárbara nas Honduras.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Delta Q estreia no mercado nacional a sua primeira gama de cafés funcionais

Apresentada em 2019, a gama Delta Q AQtive Coffees chega agora finalmente ao mercado.

Lisbon Coffee Fest já tem datas para regressar em 2022

E os bilhetes já estão à venda.

Novos blends Nespresso Ispirazione Novecento e Ispirazione Millennio levam-nos a “viajar no tempo”

Se o difícil vai ser escolher, o melhor mesmo é experimentar os dois.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sumol-Compal investe 15 milhões de euros num armazém automático em Almeirim

E irá reduzir a pegada de dióxido de carbono em cerca de 1.000 toneladas por ano.

Mão Morta, Bizarra Locomotiva, Process of Guilt e The Quartet of Woah! no Back to Back Festival

Rock e metal voltam a ouvir-se ao vivo nas salas de espetáculos pelas mãos de quatro dos seus maiores ícones nacionais.

Exames de acesso ao ensino superior poderão ser usados durante quatro anos

E os alunos podem escolher a melhor qualificação se optarem por repetir as provas.