NOS Alive não deverá mesmo realizar-se este ano em Algés

Quem o diz é Álvaro Covões, diretor-geral da Everything is New, numa conversa na qual participou no programa Prova Oral, da Antena 3.

NOS Alive Cartaz provisório
- Publicidade -

Esta semana, durante as medidas de desconfinamento anunciadas por António Costa, um dos jornalistas perguntou ao primeiro-ministro como tinha ficado a questão dos festivais, se podiam ou não realizar-se, com o responsável a remeter uma decisão final para o início da próxima semana.

No entanto, há muito que se fala sobre a não realização não só do NOS Alive, mas dos festivais em geral, uma vez que juntam muita gente e é impossível colocar o distanciamento social em prática. Hoje, no decorrer de uma conversa no programa Prova Oral da Antena 3, Álvaro Covões, diretor-geral da Everything is New, deixou antever que o festival não deverá mesmo realizar-se.

“Isto é uma questão de consciência, como o João Carvalho disse (diretor do Vodafone Paredes de Coura). Só se amanhã de manhã acordássemos com a notícia em grande manchete: “Vacina vai começar a ser distribuída na segunda-feira” ou então “Vai começar a ser vendido um medicamento e temos um bilião de comprimidos para disponibilizar ao mundo”… Portanto nós temos de ser conscientes. Isto vai demorar muito tempo”, referiu o responsável à pergunta do radialista Fernando Alvim, quando este questionou se o festival iria realizar-se em Algés.

Em todo o caso, Álvaro Covões disse também algo interessante: “O NOS Alive tem muitas formas de ser, de acontecer”. Quererá isto dizer que está a ser pensada uma versão alternativa do festival?

Recorde-se que, no mês passado, Taylor Swift, uma das cabeças de cartaz do NOS Alive, tinha cancelado a sua tour europeia, pelo que não iria atuar no Passeio Marítimo de Algés.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

The Strokes reconfirmados para o NOS Alive 2022

E há outras três reconfirmações, bem como uma novidade absoluta.

Vodafone Paredes de Coura pode ganhar mais dias em 2022

"Vamos elevar o risco, mas quero fazer uma edição histórica", disse recentemente João Carvalho, diretor do festival minhoto.

Festival O Sol da Caparica passa para 2022

A organização promete "uma edição incrível e inesquecível com muita música lusófona".
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Estafetas manipulam GPS para ganharem vantagem nas plataformas de delivery

A Uber sabe disso e já começou a avisar quem está a "jogar sujo".

Crítica – Evangelion: 3.0+1.01 Thrice Upon a Time

Evangelion: 3.0+1.01 Thrice Upon a Time chega finalmente ao ocidente através da Amazon Prime, terminando a longa série anime, que marcou e traumatizou gerações, de forma vitoriosa e emocional.