- Publicidade -

Nick Murphy no Coliseu do Porto – De mãos dadas com Chet Faker

-

Nick Murphy, anteriormente conhecido como Chet Faker, regressou a Portugal na passada semana para dois concertos nos coliseus de Lisboa e Porto.

Ainda que a capa destes eventos tenha sido o novo álbum do artista australiano, Run Fast Sleep Naked, lançado em março deste ano, houve muito do universo de Chet Faker.

Passava pouco das 21 horas, hora prevista para o início do espetáculo, quando Cleopold subiu ao palco. O cantor e compositor australiano, munido sempre do seu teclado, mostrou um pouco do seu trabalho em pouco mais de 30 minutos, presenteando o público com o seu EP de estreia, Altitude & Oxygen, lançado em 2016, e também alguns temas que gravou recentemente.

Foi já com o Coliseu praticamente lotado que Nick Murphy e a sua banda surgiram em palco numa receção a roçar o histerismo por parte dos fãs para dar começo ao espetáculo com o primeiro tema do recente álbum (“Hear It Now”).

Cleopold no Coliseu do Porto. Créditos: Telmo Pinto

Publicado por Echo Boomer em Quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Foi, contudo, sem demoras que recuámos no tempo para os tempos de Chet Faker e para o seu longa duração Built On Glass, de 2014, com “Gold” e “1998”. Tempos áureos que conquistaram o público português e que está bem espelhado nas primeiras filas do Coliseu com tamanha euforia à receção do mesmo.

A banda mostrou-se bastante segura, fazendo a ligação com todo o instrumental de forma bastante homogénea. Nick Murphy alternava entre a guitarra e o sintetizador e, entretanto, entoou-se “guess i’m losing my mind” por toda a sala num regresso ao álbum Run Fast Sleep Naked com o tema “Harry Takes Drugs On The Weekend”.

É bem notória a importância que o trabalho da “antiga” personalidade Chet Faker tem na atualidade de Nick Murphy. Daí o artista australiano abraçar toda a sua discografia. Exemplo disso é a aparição de temas como “Birthday Card” ou “The Trouble With Us”, do EP de 2015, Work.

Nick Murphy no Coliseu do Porto. Créditos: Telmo Pinto

Publicado por Echo Boomer em Quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Houve também tempo para o seu EP de estreia de 2012, Thinking Of Textures, com o tema “I’m Into You”, numa versão acústica e mais intimista com apenas Nick Murphy em palco no piano.

O concerto, que não foi muito extenso, caminhava a passos largos para o seu final, e já depois de “Novacaine and Coca-Cola”, adivinhava-se uma das músicas mais aguardadas da noite (claro está da era Chet Faker), “Talk Is Cheap”, que terminou numa imensa ovação com Nick e a sua banda a abandonar o palco já com o encore à vista.

Para colocar a cereja no topo de bolo, seguiu-se “Dangerous” e “Sanity”, dois dos temas mais amados deste recente álbum e que provocaram uma despedida eufórica e sentida de um Coliseu bem perto da sua lotação.

Apesar da nova identidade e de algumas mudanças na sua música, Nick Murphy continua de mãos bem dadas com Chet Faker e a ser um artista bem amado pelo público português.

Fotos de: Telmo Pinto

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

9,835FãsGostar
4,012SeguidoresSeguir
481SeguidoresSeguir

Mais Recentes

Bolt continua expansão e chega à ilha da Madeira e a Leiria

São mais duas cidades a contar com os serviços desta plataforma de TVDE.

The Church marcam dois concertos para Portugal

Foram uma banda importante nos anos 80, pelo que, em 2020, os The Church marcaram uma digressão que celebra 40 anos de carreira. E essa digressão vai passar por Portugal.

Este é o novo dobrável da Samsung

Depois do Galaxy Fold, eis que no chega uma espécie de anti-Galaxy Fold. Falamos, claro, do novo dobrável da Samsung, o Galaxy Z Flip, mas que se dobra em formato de concha.

Facebook vai pedir aos utilizadores que analisem melhor as suas configurações de privacidade

Por outras palavras, a rede social quer dar maior controle à experiência no Facebook, seja pela ferramenta de verificação de privacidade recentemente renovada, que permite que as pessoas controlem o que ver e partilhar, ou pelas ferramentas que permitem gerir as atividades fora do Facebook.

Lisboa vai ter o primeiro museu da reciclagem

Este projeto surge de uma iniciativa conjunta do Electrão – Associação de Gestão de Resíduos, da Câmara Municipal de Lisboa e do NewsMuseum e é, essencialmente, uma instalação pop-up, dedicada à compreensão do ciclo de vida dos resíduos, à importância da sua reutilização e reciclagem.
- Publicidade -