Ney Matogrosso anuncia data extra em Portugal

-

Depois de, no passado mês de maio, termos anunciado o regresso de Ney Matogrosso a Portugal, depressa os portugueses correram às bilheteiras para comprar as tão desejadas entradas para o novo espetáculo Bloco na Rua. Pois bem, como as vendas estão a decorrer a bom ritmo, a Everything is New anunciou uma data extra para o Coliseu de Lisboa.

O novo espetáculo acontece a 5 de novembro e os bilhetes já estão à venda nos locais habituais, variando entre os 18€ e os 80€Bloco na Rua chega em novembro a Portugal após várias datas esgotadas no Rio de Janeiro, no Brasil.

Com 77 anos, Ney Matogrosso não dá sinais de querer parar. Este novo projeto começa nos palcos e depois ganha outros formatos. O repertório foi selecionado enquanto Ney se encontrava em digressão com o espetáculo anterior e o seu critério não foi o ineditismo: “Não é um show de sucessos meus, mas quis abrir mais para o meu repertório. Dessa vez eu misturei coisas que já gravei com repertório de outras pessoas”, explica Ney.

O alinhamento revela a diversidade do repertório: “Eu quero é botar meu bloco na rua” (Sergio Sampaio), de onde saiu o título da digressão, “A Maçã” (Raul Seixas), “Álcool (Bolero Filosófico)”, da banda original do filme Tatuagem (DJ Dolores), “O Beco”, gravada por Ney nos final dos anos 80 (Herbert Vianna/Bi Ribeiro) e “Mulher Barriguda”, do primeiro álbum dos Secos e Molhados, de 1973 (Solano Trindade/João Ricardo), são algumas das músicas escolhidas por Ney Matogrosso.



Duas canções foram extraídas do compacto duplo Ney Matogrosso e Fagner, lançado em 1975: “Postal do Amor” (Fagner/Fausto Nilo/Ricardo Bezerra) e “Ponta do Lápis” (Clodô/Rodger Rogerio). Outros dois clássicos que Ney nunca tinha antes cantado, “Como 2 e 2” (Caetano Veloso) e “Feira Moderna” ( Beto Guedes/Lô Borges/Fernando Brant), podem encontrar-se também neste espetáculo.

​A banda afiada é a mesma que o acompanhou nos últimos cinco anos com a digressão Atento aos Sinais, a qual reúne Sacha Amback (direção musical e teclado), Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussão), Dunga (baixo), Mauricio Negão (guitarra), Aquiles Moraes (trompete) e Everson Moraes (trombone).

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos nas redes Sociais

9,801FãsGostar
4,007SeguidoresSeguir
478SeguidoresSeguir
- Publicidade -

Mais Recentes

A Padaria Portuguesa passa a utilizar embalagens de cartão nas lojas

Desde o final de 2019 que A Padaria Portuguesa tem vindo a eliminar os descartáveis das suas lojas.

Programa de inovação do Rock in Rio regressa em junho a Lisboa

Falamos, lá está, do Rock in Rio Innovation Week, que regressa em junho deste ano para a sua 3ª edição.

Burger King já chegou a Valongo

Abriu mais um restaurante da Burger King em Portugal, desta vez em Valongo. Fica localizado no Centro Comercial Valongo, na Rua Julião Sarmento.

Novo programa de fidelização da Olá dá gelados grátis a toda a gente

Andavam à procura da oportunidade certa para devorar um Swirl, mas sem que pagassem nada? Pois bem, graças ao novo programa de fidelização da Olá Gelados essa oportunidade chegou.

Site do Rock in Rio Lisboa começa pré-venda bilhetes na próxima terça-feira

É a partir de 21 de janeiro, próxima terça-feira, que passa a ser possível comprar bilhetes diários para o Rock in Rio Lisboa 2020 exclusivamente no site oficial do evento, sem qualquer taxa adicional.
- Publicidade -