Nespresso lança segunda edição do café biológico KAHAWA ya Congo

- Publicidade -

O KAHAWA ya CONGO, conhecido pelos sabores doces e frutados, é o primeiro café biológico do programa Reviving Origins da Nespresso, que visa restaurar a produção de café em regiões afetadas por adversidades como conflitos, dificuldades económicas e desastres ambientais.

Por esta altura, fãs da Nespresso e não só decerto já ouviram falar do Reviving Origins, programa que começou há uns anos e que restaura a produção de café em regiões afetadas por adversidades como conflitos, dificuldades económicas e desastres ambientais, permitindo que os pequenos produtores possam ter uma vida mais digna.

Ora, em junho do ano passado, a marca fez chegar ao mercado quatro novos cafés, entre os quais estava o Kahawa ya Congo, que é o primeiro café biológico da Nespresso.

Meses depois, eis que nos chega a segunda edição deste café. A grande novidade? Vem acompanhado de uma ferramenta tecnológica que permite ao consumidor rastrear a origem do seu café, cultivado nos solos vulcânicos do Lago Kivu, na República Democrática do Congo, a partir de dados captados quase em tempo real.

Criada em parceria com a OpenSC, esta ferramenta utiliza uma tecnologia que possibilita o acesso a toda a informação sobre o produto, através da leitura de um código QR (QR Code) disponível na embalagem, incluindo participação dos agricultores que o produziram no programa Nespresso AAA (Programa de Sustentabilidade). Desta forma, a marca assegura aos consumidores a total transparência em toda a cadeia de produção, desde a plantação até à chávena de café.

“Este é o primeiro lançamento de café da Nespresso em 2022, e é também o lançamento do primeiro café da marca a usar esta tecnologia. Com esta nova ferramenta, o consumidor vai conseguir aceder a toda a jornada do produto que vai consumir, desde a origem ao momento de degustação, o que representa um benefício em matéria de transparência e segurança alimentar. A escolha desta gama para estrear esta tecnologia não foi aleatória: além do KAHAWA ya ser uma das melhores e mais exclusivas combinações do mundo, faz parte de um dos programas mais marcantes da Nespresso, o Reviving Origins que, neste caso, ajuda os produtores de café da zona de Kivu a restaurar o café na sua plenitude e a reconstruir os seus meios de subsistência”, sublinha Brigitte Felber, BEO da Nespresso em Portugal.

O Kahawa ya Congo é um café de intensidade 7 que conta com notas frutadas e aromas a cereais torrados e frutos secos. Podem adquirir cada caixa de 10 cápsulas no site oficial por 6,30€ (0,63€ por cápsula).

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Nespresso lança cinco novas edições da gama sazonal Reviving Origins

O programa Reviving Origins da Nespresso visa restaurar a produção de café em regiões afetadas por adversidades como conflitos, dificuldades económicas e desastres ambientais.

Chegou a coleção de verão 2022 da Nespresso

Temos aqui uma homenagem à caipirinha, a bebida mais popular do Brasil.

Vertuo. Nespresso lança novo sistema que permite beber café em cinco formatos diferentes

Por outras palavras, as cápsulas têm diferentes tamanhos e variam consoante o que se quer beber.

Aged Sumatra e Papua New Guinea são as novas adições à gama Master Origins da Nespresso

Linha reúne propostas de origens únicas, que resultam de técnicas de produção específicas de cada região.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

4ª temporada de You ganha data de estreia e é dividida em duas partes

Não foi especificada a quantidade de episódios de cada parte.

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.