Sabiam que nem todos os filmes podem ser vistos com recurso às gravações das boxes?

Nestes casos, é algo que se deve às exigências das distribuidoras ou dos próprios estúdios.

- Publicidade -

Quem tem um serviço de TV Net Voz em casa, muito provavelmente também terá uma box disponibilizada pela operadora. Embora nem todos os contratos incluam a box, a verdade é que muitos clientes acabam por ficar com uma, principalmente quando renegoceiam um contrato.

Ora, com uma box, e com o acrescento de canais, há toda uma panóplia de programas, filmes, séries e outras coisas para descobrir. Possivelmente até acabamos por encontrar algum guilty pleasure. E mesmo que não tenhamos tempo para ver esse conteúdo no horário de exibição original no canal do cabo, há uma funcionalidade muito útil à qual os utilizadores recorrem: as gravações.

Se forem à área das gravações da vossa box, irão reparar que tanto possuem gravações automáticas, onde podem selecionar os vossos programas preferidos por temáticas – filmes, séries, entretenimento, lifestyle ou documentários, por exemplo – que tenham sido transmitidos nos últimos sete dias, como têm gravações manuais, onde podem aceder aos programas que gravaram ou às gravações agendadas.

Mas sabiam que nem todos os programas podem ser gravados, mesmo que o tentem fazer manualmente? Basicamente, deve-se tudo a direitos de distribuição.

Quando um programa não é disponibilizado automaticamente, tal deve-se, lá está, ao facto de esses conteúdos em específico terem sido desautorizados para ficarem disponíveis para visionamento após a exibição original.

Um exemplo recente? Ora tentem assistir/rever com qualquer método de gravação, seja em que operadora for, aos dois filmes do Sozinho em Casa e O Apelo Selvagem, transmitidos pela SIC neste Natal. Já tentaram e não conseguiram? Pois, é normal.

É algo que acontece não regularmente, mas de vez em quando. Neste caso em específico, até se explica facilmente: estes filmes têm um propósito – serem exibidos no Natal. Afinal de contas, acabam por ser longas-metragens já típicas da época, com essas retransmissões a acontecerem nesses dias em canais abertos.

Além disso, estes três filmes estão disponíveis no serviço de streaming Disney+. Logo, para quê deixar disponíveis para os utilizadores em sinal aberto, quando esses mesmos clientes podem pagar para ver na plataforma da Disney?

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Mini-Críticas Cinema – Edição 2021

Normalmente preparo este tipo de artigo perto do final de cada ano com mini-críticas que fui guardando de alguns filmes para os quais não tive tempo de escrever uma opinião mais extensa.

Filmes icónicos estreiam este mês na HBO Portugal

Começando em Parasites, passando por Forrest Gump e A Beautiful Mind, há muito por onde escolher.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bird faz melhor que a Link e oferece viagens no dia de voto

São oferecidas duas viagens de 15 minutos cada.

Hotel Casino Chaves tem o único posto de carregamento ultra rápido universal de Trás-os-Montes

O Hotel Casino Chaves torna-se assim numa unidade mais completa com a parceria feita com a Power Dot Portugal.

Igreja de Bragança com estatuto de monumento foi vendida para pagar dívida a empreiteiro

A igreja foi a leilão como “espaço dedicado ao culto da religião católica”.