MYKUBO. Novo projeto nacional reúne artesãos, artistas, designers e marcas portuguesas

A plataforma nasceu em plena pandemia e pretende reunir o que de melhor se faz em Portugal.

MYKUBO

Nas últimas semanas, muitos são os projetos e páginas que têm surgido com o intuito de ajudar marcas nacionais. Afinal de contas, num período tão difícil como este, em que os cidadãos ainda têm receio de fazer várias coisas, os comerciantes locais acabaram por ressentir-se dessa falta de apoio.

Assim, e de modo a juntar o que de melhor se faz em Portugal, nasceu a MYKUBO, plataforma online que reúne artesãos, artistas, designers e marcas portuguesas que promove o consumo consciente.

O que quer isto dizer? Que existe uma seleção criteriosa dos artesãos, artistas, designers e marcas portuguesas que surgem na plataforma. Porquê? É que a MYKUBO promove o encontro entre os amantes de arte e os criadores da mesma.

Por outras palavras, aqui não há massificação do produto. Ao invés disso, os interessados encontrarão peças distintas e únicas, permitindo deter um objeto personalizado e verdadeiramente especial, ao mesmo tempo que valorizam o artista, o tempo que o mesmo despendeu à criação e originalidade da peça, respeitando o seu trabalho e criatividade.

Os artistas presentes no MYKUBO comprometem-se a respeitar alguns dos princípios de sustentabilidade, como a reciclagem e escolha de matérias-primas duráveis, produtos éticos, transparência nas ações como consumo de água, consumo de energia, materiais químicos incorporados, condições de trabalho, uso de materiais eco-friendly e biodegradáveis, bem como práticas de responsabilidade social e a produção local.

De momento, entre artistas e marcas, estão presentes os seguintes nomes: João Bruno Design, ABLESIA, Susana Cereja, Uni Ouriço, Bzugo, Mafalda Maya, Alguidar Knit, A Avó Veio Trabalhar, Cris Maria Jewelry, Malga, Bulhufas, Musgo, Santa Paciência, Clélia Jewellery, Vicara, Maria Descalça, Ricardo Milne, TEX MB, The Captain Socks, Maria Pratas, Wayz, Carolina Maria, Ikigai, SANJO, Filipe Faísca e Marie.

No que toca ao envio, é feito via transportadora, sendo que o custo de envio por peça depende do peso e da morada de entrega. O pagamento é depois feito com recurso ao cartão de crédito/débito ou PayPal.

Sigam-nos

10,851FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – On the Rocks

On the Rocks não parece um filme, mas sim uma história real com pessoas reais… pelo menos até ao terceiro ato.