MWC 2019: Microsoft mostra os HoloLens 2… que custam mais de 3 mil euros!

- Publicidade -

Começamos por dizer que os HoloLens 2 não são um produto para uso doméstico/comum, mas sim para áreas mais específicas, onde existem necessidades por suprimir.

O modelo original surgiu em 2016 e, desde logo, mostrou ser uma boa abordagem da Microsoft no terreno da realidade mista. Já esta versão, além de ser mais profunda a nível de imersão, está também três vezes mais confortável, muito por culpa de ser construída em fibra de carbono, além de que o peso está perfeitamente equilibrada desta vez.

A gigante de Redmond duplicou o campo de visão nesta nova versão, existindo 47 pixéis por cada grau de visão. Na prática, isto quer dizer que existe mais espaço para interagir com hologramas, além de que é possível fazer manipulação direta dos mesmos através de gestos.

“É como passar de dois ecrãs de resolução HD em cada olho para uma resolução 2K em cada olho”, refere a empresa.



Desta forma, a interação será muito mais natural, pelo que um “toque” pode gerar algum tipo de reação. Na prática, os HoloLens 2 podem ter vários tipos de uso, podendo ser usados em diversas profissões e situações. Para isso, existe a solução Dynamics 365 Guides, que dará variadíssimas possibilidades a empresas que necessitem de adaptar os HoloLens 2 à sua área de atuação.

Em termos de características, temos aqui um Qualcomm Snapdragon 850, uma câmara de 8 MP e uma bateria com autonomia que pode ir até às três horas de uso contínuo, só para citar algumas.

O HoloLens 2 já está em pré-venda e, apesar de não existir detalhes quanto a preços e disponibilidade para o nosso país, sabe-se que, nos Estados Unidos, terá um custo de 3500 dólares.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

A Microsoft adquiriu a Activision-Blizzard e o catálogo da Xbox vai ficar maior

Em breve, Call of Duty, Overwatch, Diablo e World of Warcraft serão jogos produzidos sob a alçada da Xbox Game Studios.

Cuidado com as chamadas fraudulentas em nome da Microsoft

O esquema não é de agora, mas convém estar atento.

Microsoft pretende abrir novos escritórios em Portugal, desta vez fora de Lisboa

Uma estratégia que pode ser potenciada pelo modelo de trabalho híbrido, que dá a possibilidade a todos os colaboradores de trabalharem com total flexibilidade, independentemente da sua localização geográfica.

Microsoft vai dizer adeus de vez ao Internet Explorer

Há muito tempo que o uso já não era recomendado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Balada para Sophie, banda desenhada portuguesa, vai ser adaptada a série pela Universal

IDW anunciou a adaptação de cinco títulos de banda desenhada para várias plataformas, e uma é da autoria do português Filipe Melo.

Concerto dos Backstreet Boys em Lisboa está esgotado

Agora só mesmo através de um passatempo... ou mercado em segunda mão.