Peças do Museu Nacional Ferroviário em Bragança estão disponíveis no Google Arts & Culture

- Publicidade -

Desde 2019 que é possível visitar o Museu Nacional Ferroviário em Bragança e conhecer o património e a história do caminho de ferro associada a esta região.

A partir de hoje, passados 115 anos sobre a inauguração da Linha do Tua, mais de 80 peças do Museu Nacional Ferroviário em Bragança estão disponíveis online no Google Arts & Culture.

Devido a esta nova exposição virtual, os utilizadores do Google Arts & Culture poderão ver Locomotivas a Vapor, Carruagens e muitas outras peças emblemáticas que, ao longo de mais de um século, foram usadas na via férrea que unia a cidade Bragança a Mirandela e, pelo Vale do Tua, à Linha do Douro.

Esta exposição online permite que o visitante percorra a Linha do Tua não só através de material circulante, como também equipamentos de estação ou objetos do quotidiano ferroviário. Os trabalhos de construção do troço Mirandela – Bragança começaram em julho de 1903, numa cerimónia festiva em Bragança, que contou com a presença de muitas personalidades ilustres. A construção avançou e os vários troços foram sendo sucessivamente abertos à medida que o caminho de ferro estava completamente funcional.

Em dezembro de 1905 chegou até Sendas, localidade situada a 30 km de Bragança, mas somente quase um ano depois o caminho de ferro chegava a Bragança, tendo sido inaugurado a 1 de dezembro de 1906. A comemoração da restauração da independência foi completamente assoberbada pela chegada do progresso.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes