Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha, vai ser requalificado

- Publicidade -

O custo desta intervenção é de 410.000€.

Foi esta semana assinado o auto de consignação da empreitada de requalificação do Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha, num investimento assegurado pelo Plano de Recuperação e Resiliência.

A obra destina-se, em primeiro lugar, a corrigir fragilidades identificadas na cobertura e no sistema de drenagem de águas pluviais, responsáveis por infiltrações que põem em causa a conservação do acervo.

Em segundo lugar, inclui conservação e desinfestação preventiva dos materiais da reserva do museu e pela reparação dos sistemas eletromecânicos.

Em terceiro, será a instalação de wi-fi e de soluções de interatividade, a criação de uma visita virtual e a digitalização de 1546 peças de acerco, em 2D e 3D, que passarão a estar disponíveis ao público.

A intervenção vai ainda incidir na substituição dos painéis de policarbonato da cobertura e na substituição dos revestimentos em telha cerâmica por outros em chapa de zinco.

O museu ocupa no panorama museológico nacional uma centralidade invulgar, já que foi o primeiro edifício projetado e construído de raiz como museu, em 1933, por iniciativa da sociedade civil, e integra o maior núcleo reunido de obras de pintura e escultura do seu patrono.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes