Motas passam a ter de ir obrigatoriamente à inspeção a partir de 2022

Algo que diz respeito a todas as motas a partir de 125cc.

- Publicidade -

A medida estava prevista em 2012, mas nunca chegou a entrar em vigor. Em 2022, porém, 10 anos após a data inicial, tudo muda: a partir do primeiro dia de janeiro do próximo ano, todas as motas a partir de 125cc vão ter de ir obrigatoriamente à inspeção. A medida vai abranger cerca de 450.000 veículos.

A garantia é dada ao jornal Negócios pelo secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado. O porquê dessa data de 1 de janeiro? É a data limite para Portugal transpor a diretiva europeia nesse sentido.

Segundo o mesmo jornal, existe algum ceticismo em relação a esta data, uma vez que os centros de inspeção alegam que ainda há muito trabalho a fazer, como a classificação das deficiências e os cursos de qualificação para os inspetores. Por outro lado, este acaba por ser um “alívio” para essas empresas, que ao longo dos anos foram adaptando as suas infraestruturas para que pudesse inspecionar motas, algo que nunca chegou verdadeiramente a acontecer.

O decreto-lei vai ser aprovado pelo Governo em breve.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Automóveis sujos podem ser chumbados na inspeção a partir de novembro

Tal pode mesmo acontecer se as condições de limpeza do veículo prejudicarem as observações durante a inspeção.

Depois da Acciona, também a eCooltra volta a disponibilizar as suas motas em Lisboa

Foram sete semanas sem motas partilhadas. Mas isso agora mudou.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.