Molly Burch regressa a Portugal graças ao Gig Club

por Echo Boomer

Já por diversas vezes falámos do Gig Club, uma nova promotora criada por Gonçalo Araújo Fernandes e João Afonso (fundador da startup portuguesa Musikk), que assenta num modelo de subscrição para se ter direito a concertos gratuitos e outras regalias. Pois bem, é já esta semana que acontece o primeiro concerto.

Agora, há um novo nome adicionado à temporada de 2019: a cantautora texana Molly Burch, que regressa, assim, a Portugal, para concertos no Porto e em Lisboa a 2 e 3 de julho, respetivamente.

Foi no circuito indie com o contraste áspero entre a sua voz aveludada, mas profundada e os arranjos de fim-de-verão do seu cancioneiro, que a norte-americana deu que falar. Após o muito bem recebido disco Please Be Mine, a jovem lançou o mais recente First Flower, um convite para coabitarmos todos no mundo delico-doce de Molly Burch.



Os bilhetes estão disponíveis apenas para membros do Gig Club por 10€, sendo que mais próximo da data do concerto ficam disponíveis para não-membros por 15€. Também confirmados na temporada de 2019 do Gig Club estão Kamasi Washington, com concertos apontados para 10 e 11 de maio em Lisboa e no Porto, e Toro y Moi, que atua a 22 e 23 de maio, também na capital e na Invicta.

Para quem ainda não sabe, o Gig Club tem duas opções, uma subscrição de 50€ por cidade (para já apenas Lisboa e Porto) ou 80€ para acesso global. A única diferença entre estas duas subscrições é somente essa, a modalidade mais cara dá acesso a concertos fora da nossa cidade. De resto, teremos direito  a um bilhete gratuito para um concerto à nossa escolha, descontos nos restantes espetáculos, pré-venda exclusiva de bilhetes a membros do Gig Club, acesso gratuito a festas para escuta de novos discos ou a concertos em locais secretos, descontos em merchandising, entre outras coisas.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: