Microsoft pretende abrir novos escritórios em Portugal, desta vez fora de Lisboa

Uma estratégia que pode ser potenciada pelo modelo de trabalho híbrido, que dá a possibilidade a todos os colaboradores de trabalharem com total flexibilidade, independentemente da sua localização geográfica.

- Publicidade -

A Microsoft Portugal está a perspetivar outras localizações para uma potencial abertura de novos escritórios, como resultado do contínuo crescimento do negócio e da sua equipa de colaboradores. A multinacional tecnológica conta atualmente com 3.600 parceiros (um crescimento de 400 parceiros no último ano) e mais de 1.400 colaboradores (um crescimento de 200 pessoas face ao último ano).

Desde o início da pandemia, em março de 2020, a Microsoft recrutou em Portugal 440 pessoas, tendo neste momento em aberto mais de 200 vagas nas mais variadas áreas tecnológicas.

Ora, e quanto mais colaboradores, mais espaço é necessário. Porém, existe todo um país além de Lisboa, e é por isso que a Microsoft está a apostar na descentralização, estando a analisar a abertura de novos escritórios fora da capital. Uma estratégia que pode ser potenciada pelo modelo de trabalho híbrido, que dá a possibilidade a todos os colaboradores de trabalharem com total flexibilidade, independentemente da sua localização geográfica.

Para já, e enquanto não define um nova localidade para se instalar, os colaboradores da Microsoft estão esta semana a regressar aos escritórios, se bem que num modelo de soft opening, onde o trabalho a partir de casa ainda é o recomendado, mas que permite a alguns colaboradores que tenham a necessidade trabalhar nos escritórios.

Para que tal aconteça, a tecnológica implementou um conjunto de medidas que garantem a segurança e saúde de todos. Entre estas destaca-se um questionário de verificação do estado de saúde, a marcação de lugar, a utilização obrigatória de máscara em toda a permanência no escritório, o distanciamento de dois metros e a higienização constante das áreas de trabalho.

No futuro, quando estivermos livres da pandemia, a Microsoft irá implementar o trabalho remoto de 50% como standard para todos os colaboradores.

- Publicidade -

1 Comentário

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

No pós-pandemia como será o futuro dos escritórios?

Escritório virtual: uma realidade cada vez mais próxima.

Microsoft vai dizer adeus de vez ao Internet Explorer

Há muito tempo que o uso já não era recomendado.

Vem aí o novo Surface Laptop 4 a partir de 1149€

A Microsoft revelou a nova geração de portáteis, que chega no final deste mês.

Microsoft acaba de disponibilizar o HoloLens 2 em Portugal

O preço? Uns "módicos" 3.899€.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.