Metrobus vai ligar a Boavista à Foz em 2023

O investimento ascende aos 66 milhões de euros, sendo financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

- Publicidade -

Serão oito quilómetros em mobilidade verde que, a partir do último trimestre de 2023, poderão ser feitos através da nova linha BRT (Bus Rapid Transit). A nova extensão do serviço da Metro do Porto, cujo concurso público internacional foi lançado na manhã desta terça-feira, no Parque de Serralves, pelo primeiro-ministro, António Costa, vai ligar as rotundas da Boavista e da Praça do Império.

O BRT é um transporte rodoviário em canal dedicado e com prioridade sobre os outros modos. É operado por veículos movidos a hidrogénio, articulados, de piso rebaixado, com capacidade para 180 a 220 passageiros. Com uma frota de seis veículos em operação regular, estima-se que possam ser transportados 4.400 passageiros por hora e em cada sentido.

Desenvolvida ao longo das avenidas da Boavista e Marechal Gomes da Costa, a linha Boavista-Império terá uma frequência de cinco minutos, o que vai permitir uma viagem de e até à Foz em 15 minutos. A previsão é que, diariamente, mais 31 mil pessoas passem a utilizar esta solução mais sustentável.

São oito quilómetros (quatro em cada sentido) com paragem na Casa da Música, Bom Sucesso, Guerra Junqueiro, Bessa, Pinheiro Manso, Serralves, João de Barros e Império. As estações da Avenida Marechal Gomes da Costa terão o desenho do arquiteto Álvaro Siza. Na ligação entre as duas avenidas será criada uma rotunda, atravessada interiormente pelo canal BRT.

Com o arranque da obra previsto para maio de 2022, o Metrobus deverá entrar em funcionamento no último trimestre de 2023.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Domino’s Pizza abre segunda loja em Braga

É a 40ª loja da marca em Portugal.

Última temporada de The Walking Dead vai ser dividida em três partes

A série principal terminará algures em 2022.