Metro de Lisboa já aceita MB Way como método de pagamento

As máquinas de venda automática de bilhetes passaram também a aceitar pagamentos contactless.

método de pagamento
- Publicidade -

Caminhamos, cada vez mais, em direção a futuro onde os cartões não existem. Esta semana, o Metropolitano de Lisboa deu esse passo: é agora possível adquirir títulos de viagem nas máquinas de venda automática de bilhetes com um novo método de pagamento: MB Way.

Para isso, basta que, na altura de pagamento, escolham o método MB Way e, depois, terão de ler o QR Code apresentado no ecrã com a câmara do vosso smartphone. Basta então pagar e já está.

Outra excelente novidade é que, como estas máquinas foram atualizadas, também já aceitam pagamentos contactless. Anteriormente, já era possível pagar somente encostando o cartão nos pontos de venda, onde estão os funcionários daquela empresa. Mas agora, essa funcionalidade é alargada a toda a rede de venda do Metro.

São medidas para que se tente minimizar os contactos com as superfícies dos equipamentos de venda, em consonância com as medidas de proteção previstas pela DGS no combate à COVID-19.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

MB Way. Modo Escuro (Dark Mode) também já chegou ao Android

Podem desde já começar a poupar bateria com esta novidade.

Modo Escuro (Dark Mode) chegou ao MB Way. Mas só no iOS

Mais uma forma de minimizar o cansaço dos nossos olhos e poupar a bateria dos nossos smartphones.

Metro de Lisboa tem agora uma loja online

É dedicada aos fãs do colecionismo, da arte e do universo do Metro.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

La Picanha ganha novo espaço em Setúbal já em maio

Vai ter uma mega esplanada, o que é ótimo tendo em conta a pandemia.

Fórmula 1 – Grande Prémio de Emilia Romagna com emoção até à última volta

Depois de 15 dias de pausa, a prova rainha do desporto automóvel está de regresso para o Grande Prémio de Emilia Romagna, em Itália.

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.