fbpx

Mercedes-Benz divulga a 3ª geração do modelo CLS

A Mercedes-Benz deu início a um novo segmento quando lançou o primeiro CLS em 2003, modelo que combinava a elegância e o dinamismo de um coupé com o conforto e a funcionalidade de uma limusina. Com esta nova versão do CLS, a Mercedes-Benz cria agora um veículo mais imponente que nunca: o novo modelo mantém o ADN do CLS com a sua linha de cintura arqueada, vidros laterais planos e superfície vidrada de baixo perfil, inserindo-se na atual família de modelos coupé da Mercedes-Benz com inúmeras características de design.

Em destaque estão os faróis largos inseridos numa posição mais baixa e os farolins traseiros bipartidos. Simultaneamente, o design espelha uma aura intemporal do primeiro CLS, que se tornou rapidamente num ícone com um estilo desportivo inconfundível.

Exterior: desportividade com o estilo coupé

A dianteira contempla a grelha em padrão diamante típica dos coupés Mercedes-Benz. A grelha do radiador tem um perfil alargado junto à base, o capot é totalmente circundado pelas superfícies da carroçaria e os faróis largos e planos com flancos oblíquos para o lado interior acompanham dinamicamente o contorno da grelha.

Já o design lateral caracteriza-se pela linha arqueada de cintura disposta numa posição elevada e pela superfície vidrada desportiva e de baixa altura com vidros laterais sem moldura.

O CLS também apresenta a habitual linha musculada dos ombros traseiros que combina de forma suave com a traseira plana. Os elementos característicos do coupé incluem os farolins traseiros bipartidos, refletores instalados no para-choques traseiro, placa da matrícula no para-choques e a estrela Mercedes posicionada no centro da tampa da bagageira.

Da mesma forma que os faróis, os farolins LED com retroiluminação Edgelight apresentam uma aparência cristalina e criam um efeito tridimensional.

Interior

O interior luxuoso e com materiais de elevada qualidade do CLS Coupé impressiona com as suas linhas básicas claras e excelentes acabamentos. O cockpit digital largo e desportivo e a combinação de cores, por exemplo, dão a ilusão de estarmos na presença de um interior particularmente espaçoso, e a consola central, revestida em madeira porosa ou com acabamento de alto brilho, cria a ilusão de estar a flutuar graças ao revestimento da sua superfície.

Opcionalmente está disponível um cockpit de ecrã largo de elevada resolução com dois ecrãs de 12.3 polegadas instalados atrás de um único revestimento contínuo de vidro.

No que toca ao desenho dos bancos, é exclusivo para este modelo. Os bancos traseiros têm uma aparência semelhante à dos bancos dianteiros, criando uma impressão de banco individual desportivo, embora o CLS Coupé seja, pela primeira vez, um veículo de cinco de lugares. Neste caso, os encostos dos bancos podem ser rebatidos na proporção de 40/20/40, expandindo os 520 litros de capacidade da bagageira.

Já a iluminação ambiente é ajustável em 64 cores, incluindo a iluminação das saídas de ventilação. Quando a definição de temperatura do sistema de ar condicionado sofre uma alteração, a iluminação varia rapidamente a cor para mostrar se o ar está a ser aquecido (vermelho) ou arrefecido (azul).

Nova gama de motores com EQ Boost e sistema elétrico de bordo de 48 V

A nova geração do CLS vem equipada com novos motores Diesel e a gasolina.

A potência dos motores Diesel vai desde a versão de 210 kW/286 CV e 600 Nm de binário (CLS 350 d 4MATIC) à de 250 kW/340 CV e 700 Nm (CLS 400 d 4MATIC). O motor é caracterizado por um bloco em alumínio, um revestimento aperfeiçoado NANOSLIDE das paredes dos cilindros e êmbolos em aço.

Contudo, a versão de maior potência é o motor a gasolina de seis cilindros. O novo motor de seis cilindros em linha, eletrificado com o EQ Boost (motor de arranque/alternador integrado), e o sistema elétrico de bordo de 48V, fornecem toda a potência e energia necessárias ao CLS 450 4MATIC, com prestações de 270 kW/367 CV e 500 Nm, mais 250 Nm de binário e 16 kW/22 CV de potência disponíveis através do EQ Boost durante curtos períodos de tempo.

Com esta tecnologia, é possível economizar combustível a um nível que anteriormente pertencia exclusivamente à tecnologia híbrida de alta tensão. Em suma, o novo motor de seis cilindros em linha permite a performance de um motor de oito cilindros, com um consumo de combustível bastante abaixo.

Ainda sem preços divulgados, o novo coupé de quatro portas será lançado no mercado em março de 2018.


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Dono de Mercedes Classe E faz 2 milhões de quilómetros

A viagem mais curiosa desta viatura foram 50 horas sem parar, no transporte de componentes automóveis, entre Vila do Conde e Barcelona.

Dachser coloca na estrada camião 100 por cento elétrico

Os veículos de teste encontram-se disponíveis em três versões, sendo que a escolha da Dachser recaiu no modelo de 18 toneladas.

Nova wallbox da Mercedes-Benz oferece mais potência de carregamento ao teu veículo elétrico

Com até 22 kW de potência, a nova geração de wallboxes da Mercedes-Benz para veículos elétricos é mais potente que nunca.

Novo Mercedes Classe A chega em maio aos concessionários

O novo Classe A estará disponível com um PVP a partir dos 32.450€ para as versões A 180 d com 116 cv e A 200 com 163 cv.
- Publicidade -

Mais Recentes

Science4You lançou para o mercado o primeiro brinquedo do mundo sobre a COVID-19

A nova aposta da marca pretende que os mais novos aprendam sobre o mundo da imunologia e de que forma se podem proteger de vírus, fungos e bactérias, através de várias experiências e ferramentas didáticas.

MO lança linha especial de longsleeves anti-COVID para crianças

A coleção é inteiramente desenhada e fabricada em Portugal.