fbpx

Mercadona define novas regras para acesso às suas lojas

Com o objetivo de proteger a saúde e segurança dos clientes e colaboradores, além de assegurar o abastecimento das lojas, a Mercadona anunciou que serão adotadas várias medidas devido ao surto de COVID-19.

Por esta altura, a maior parte das pessoas já estará familiarizada com as recomendações gerais que têm surgido na Internet e nos canais portugueses, mas, mesmo assim, a marca irá relembrar estas recomendações através dos membros da equipa, cartazes, altifalante de cada loja e redes sociais.

Por exemplo, somente uma pessoa deve realizar as compras, e esse cliente não deve ser alguém que faça parte dos possíveis grupos de risco (idosos, crianças, pessoas com doenças crónicas…). Além disso, recomenda-se que os clientes comprem ao longo do dia, e não à hora de abertura de cada estabelecimento, devendo realizar as compras com agilidade e rapidez, mas sem nunca armazenar produtos desnecessariamente. Já foi dito várias vezes que o abastecimento de produtos de primeira necessidade está totalmente garantido.

A Mercadona pede ainda que o pagamento das compras seja feito com cartão para que se evite o uso de dinheiro em efetivo.

No que diz respeito a medidas de acesso aos supermercados, a Mercadona refere que irá controlar a capacidade de cada loja, sinalizando a distância mínima exigida entre as pessoas. Neste caso, a responsabilidade de ordenar a capacidade interior da loja será do encarregado do estabelecimento, ou da pessoa ou agente de segurança privada designado por este.

A capacidade máxima permitida será regulada cumprindo com o estabelecido na Portaria nº 71/2020, que determina 0,04 clientes por metro quadrado de área (o que equivale a 80 clientes numa sala de vendas de 2.000 metros quadrados).

Já na via de acesso público a cada supermercado, estará marcada uma distância mínima de um metro entre as pessoas que aguardam a sua vez de entrar, devendo ser respeitada para aceder aos mesmos.

No interior de cada loja, a Mercadona tentará garantir a distância mínima de um metro entre clientes com recomendações do pessoal do estabelecimento, com o apoio de cartazes que reforçam estas medidas, e estarão também marcados os limites de um metro no chão da secção da Peixaria e na linha de caixas.

Em relação ao horário de abertura de cada loja, será das 9h às 20h, sendo que, e dado que é uma situação excecional, se irá adaptando às circunstâncias.

Durante este período, a Mercadona não admitirá devoluções de produtos.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Ermesinde. Mercadona abre supermercado na antiga Fábrica de Sá

Na recuperação deste espaço, destaca-se a manutenção da histórica fachada e da chaminé da fábrica e a criação de um jardim de utilização pública.

Descontio. A plataforma que ajuda a poupar tempo e dinheiro no planeamento das compras de supermercado

A anteriormente conhecida plataforma Savvy Descontos fez um rebranding, mas os objetivos continuam os mesmos.

Já abriu o segundo supermercado Mercadona na cidade de Aveiro

É a 4ª loja no distrito de Aveiro e a 14ª em Portugal.
- Publicidade -

Mais Recentes

MO lança linha especial de longsleeves anti-COVID para crianças

A coleção é inteiramente desenhada e fabricada em Portugal.

Mayra Andrade no Coliseu do Porto – Um regresso pleno de brilho

Foram quase duas horas de um espetáculo emotivo, intenso e de grande partilha.