MEO Sudoeste regressa de 6 a 10 de agosto de 2019

Após uma noite quente de sábado com Shawn Mendes como cabeça de cartaz, a 22ª edição do MEO Sudoeste terminou em grande, mas já tem datas confirmadas para o próximo ano. Em 2019, o MEO Sudoeste regressa entre 6 e 10 de agosto, com a abertura do campismo a acontecer no dia 3 e a noite da Receção ao Campista no dia 6. E já se sabem dois nomes: Wet Bed Gang e Kura.

Durante os últimos nove dias, que arrancaram a 4 de agosto com a abertura do campismo, os 147 mil festivaleiros que visitaram o MEO Sudoeste, na totalidade dos dias do festival, viveram experiências únicas, repercutidas através da rede MEO WiFi, que permitiu, em tempo real, partilhar 11 terabytes de conteúdos dentro e fora do recinto.

Até ao término da 22ª edição do MEO Sudoeste, foram iniciadas 2,6 milhões de sessões únicas na rede MEO WiFi que deram origem aos 11TB de informação, um recorde absoluto. Quanto aos dados móveis partilhados durante o festival, estes alcançaram os 9089GB. Ainda durante o festival, foram realizadas mais de 428 mil chamadas e enviadas mais de 265 mil SMS.

O MEO Sudoeste foi o primeiro evento de música a disponibilizar WiFi grátis em todo o recinto, feito único no panorama dos festivais em Portugal, sendo que disponibiliza cobertura WiFi de última geração, em todos os 16 hectares do recinto, incluindo o campismo e o estacionamento.

Ao partilharem e mostrarem as suas experiências nas redes sociais, via Facebook, Instagram, WhatsApp ou Twitter, os 147 mil festivaleiros presentes no MEO Sudoeste contribuíram para transformar a 22ª edição do maior festival de verão do país numa referência. De destacar os 4,7 milhões de vídeo views dos mais de 900 conteúdos produzidos por uma equipa dedicada de festivaleiros, que deram origem a mais de 287 mil interações com referência ao festival em todas as plataformas. Face a 2017, estes números representam um crescimento de 60%.

Também o canal de TV digital, criado o ano passado e que transmitiu diariamente mais de quatro horas de emissão contínua sobre o MEO Sudoeste, como concertos, entrevistas a artistas, Vox Pop, momentos da Tribo e outros temas, teve este ano mais de 550.000 visualizações, um crescimento de 60% face a 2017.

Quanto à app mobile MEO Sudoeste, que este ano apresentou a sua versão bilingue, contou com mais de 13.500 downloads, sendo que, a título de exemplo, na sua área MEO or Not, onde os utilizadores têm a possibilidade de gostar (ou não) do perfil de outras pessoas registadas, foram realizadas 116 mil votações.

Também o chat dedicado da App registou mais de 70 mil conversas. O site do festival recebeu este ano 131 mil visitas, com mais de 373 mil paginas vistas, sendo 76% deste total realizadas através de equipamentos móveis.

Saliente-se que todos estes acréscimos registados a nível tecnológico foram processados por uma infraestrutura base de comunicações, desenhada de raiz para ir ao encontro do volume de informação exigido, tendo a Altice Portugal reforçado este ano as infraestruturas do MEO Sudoeste com mais 138 Kms de fibra e adicionado 70 novas células 2G, 3G e 4G, para garantir a total operacionalidade das várias redes MEO disponíveis no recinto.

Destaque ainda para os pontos de carregamento, distribuídos pelo recinto e campismo que possibilitaram a milhares de festivaleiros carregarem o equivalente a mais de 114 mil baterias de telemóvel e, dessa forma, manterem-se sempre ligados e a par das últimas novidades do festival.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,707FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
623SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (julho)

Os velhos deram o exemplo no que toca a consistência musical e os novos começam a despontar de forma categórica.

Bons Sons. Não vamos viver a aldeia este ano, mas a aldeia vem até nós

O SCOCS vai organizar o Cem Soldos Habita a Rua, um evento que envolve não só os habitantes da aldeia, mas também os festivaleiros.
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo Compal Vital de maracujá e damasco no mercado

É baixo em calorias e adoçado só com extrato de stevia.

Área Metropolitana de Lisboa vai continuar em Estado de Contingência

O período de medidas excecionais termina esta sexta-feira, mas o Governo vai prolongar a situação até final de agosto.