McDonald’s vai introduzir talheres em madeira e bioplástico em todos os restaurantes

Além disso, as bebidas, quando servidas no McDrive, McDelivery e Takeaway, vão passar a contar com tampas em papel.

talheres em madeira e bioplástico - McDonald's
- Publicidade -

Se costumam frequentar os restaurantes McDonald’s e estão minimamente atentos às alterações que a marca tem vindo a fazer em Portugal, decerto terão reparado que a empresa tem vindo a reduzir o uso de plástico nos seus estabelecimentos.

Na verdade, a transição alargada das embalagens de plástico de uso único teve início em 2019 em Portugal, ano em que a marca começou por substituir as paletinas em plástico, para o café, por paletinas em madeira. Seguiram-se, no início de 2020, o copo e tampa em plástico do gelado McFlurry, substituído por uma só embalagem em papel sem tampa; e os copos transparentes em plástico para servir água, cerveja e néctares, que são agora em papel e entregues apenas a pedido do cliente.

Já em pleno contexto pandémico, e apesar das restrições entretanto instituídas, a McDonald’s Portugal continuou a transitar os materiais dos utensílios e das embalagens que utiliza para servir os seus produtos: a marca substituiu em setembro de 2020 a colher em plástico do seu gelado McFlurry, por uma colher em madeira; e o copo em plástico do icónico gelado Sundae por um copo (e tampa no McDrive, McDelivery e Takeaway) em papel. Aos copos de bebidas frias (que já eram em papel), quando consumidas no restaurante, retirou-se a tampa em plástico; enquanto as sopas passaram a ter tampa em papel.

Também desde setembro de 2020 que deixaram de se usar palhinhas em plástico nos restaurantes McDonald’s em Portugal, tendo sido substituídas por palhinhas em papel, que são fornecidas somente a pedido do cliente.

Agora, e até ao final do primeiro semestre de 2021, serão introduzidos, em todos os restaurantes nacionais, mais paletinas (para cappuccino e meia de leite) e talheres em madeira e bioplástico, assim como tampas em papel para os copos de bebidas quentes e de bebidas frias quando servidos no McDrive, McDelivery e Takeaway. O conjunto destas alterações vai permitir à McDonald’s reduzir, no país, o consumo de plástico em mais de 500 toneladas, por ano, número que inclui 68 milhões de palhinhas e mais de 72 milhões de tampas de bebidas, entre outros.

A estratégia de transição para embalagens mais sustentáveis alinha-se com a meta global, subscrita pela McDonald’s Portugal, de reduzir a utilização de plástico em excesso nas embalagens e de, até 2025, garantir 100% de embalagens provenientes de fontes renováveis, recicladas ou certificadas

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

McDonald’s faz regressar o Big Mac Bacon

Tal como anteriormente, está disponível por tempo limitado. Foi em agosto de 2018 que a McDonald's apresentou o Big Mac...

McDonald’s está a dar produtos grátis na app… mas com uma condição

Trata-se do novo passatempo de Natal da marca.

McDonald’s abre novo restaurante na Madeira

E é a primeira vez que a região autónoma passa a ter um restaurante com serviço McDrive.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bird faz melhor que a Link e oferece viagens no dia de voto

São oferecidas duas viagens de 15 minutos cada.

Hotel Casino Chaves tem o único posto de carregamento ultra rápido universal de Trás-os-Montes

O Hotel Casino Chaves torna-se assim numa unidade mais completa com a parceria feita com a Power Dot Portugal.

Igreja de Bragança com estatuto de monumento foi vendida para pagar dívida a empreiteiro

A igreja foi a leilão como “espaço dedicado ao culto da religião católica”.