Momo Cotton. Marca portuguesa promete os lençóis mais suaves do mundo

- Publicidade -

Tudo graças ao uso de bambu.

Quando crescemos, temos filhos e necessitamos de passar mais tempo em casa, o nosso trabalho das 9h às 18h não é propriamente o mais convidativo do mundo. Ora, a pandemia fez perceber a muitos portugueses que, afinal, é possível ter um negócio gerido a partir de casa. Claro que, volta e meia, pode ser preciso ir a um escritório tratar de outros assuntos mais prementes, mas a verdade é que o trabalho remoto é uma coisa fantástica e permite criar coisas verdadeiramente bonitas.

O caso dos gémeos Jorge e Manuel Dias tem semelhanças. Recém-papás na altura, tiveram necessidade de passar mais tempo em casa, junto dos seus bebés que tinham acabado de nascer, mas a vida atarefada em multinacionais não o permitia. Como, a certa altura, acabaram por ficar no conforto do lar, esse tempo permitiu-lhes refletirem sobre o tema e identificarem o desejo de facilitarem a logística familiar com o regresso das mães ao mercado de trabalho. E foi assim que nasceu a Momo Cotton.

Aos dois gémeos juntaram-se mais tarde outros dois irmãos para gerir o negócio, mas o objetivo foi sempre um: construir um negócio próprio e familiar, com uma ideia que viesse preencher uma lacuna no mercado. E essa ideia concretizou-se na criação de lençóis de bambu, sendo a primeira marca portuguesa a fazê-lo. Prometem, até, serem (provavelmente) os lençóis mais suaves do mundo.

Mas porquê o bambu?

Fácil. É tudo graças às propriedades deste material.

As fibras longas e naturais do bambu fazem com que seja um dos tecidos mais macios que existem, sendo ao mesmo tempo uma das plantas mais resistentes do mundo. A fibra de bambu é, ainda, um material naturalmente respirável, pelo que se torna um tecido que regula a temperatura corporal, sendo fresco no verão e mantendo uma temperatura confortável no inverno. Para além de regular a temperatura, regula também a humidade, visto que o bambu é altamente absorvente, e isto traduz-se numa excelente capacidade de capilaridade, com capacidade de absorver a humidade da pele e evaporá-la.

A fibra de bambu também tem propriedades anti-bacterianas, visto que repele naturalmente bactérias nocivas conhecidas por irritar a pele sensível e causar odores desagradáveis, sendo por isso hipoalergénica. Além disso, ajuda a prevenir rugas e marcas, sendo a fibra de bambu recomendada por dermatologistas e especialistas de beleza como solução antienvelhecimento.

Convém também dizer que, por ser uma matéria prima natural que chega a crescer um metro por dia, sem quaisquer fertilizantes, pesticidas, herbicida ou outros químicos nocivos, é uma opção mais amiga do ambiente do que quando comparamos com o algodão: apenas é necessário um terço da água do que na plantação do algodão e liberta mais 30% de oxigénio para atmosfera do que uma árvore comum.

Como se fazem lençóis a partir do bambu?

Como é possível transformar bambu, uma planta tão resistente, em fios para tecer lençóis? Ora, a Momo Cotton explica o processo em cinco passos:

  • Colheita: O bambu é colhido no sudeste asiático e os tolos são cortados cuidadosamente de forma a que a planta continue a crescer. Deste corte obtêm-se pequenos pedaços de bambu;
  • Pasta: De seguida, os talos cortados em pedaços são postos de molho, até obter-se uma polpa de bambu;
  • Secagem: A pasta de bambu é seca e achatada em folhas;
  • Moagem: Uma vez obtidas as folhas de polpa de bambu, estas são moídas e fiadas em fibra de bambu;
  • Tecelagem: A fibra de bambu é então fiada num tear, em meadas de fios suaves e sedosos, prontos para serem tecidos nos nosso lençóis favoritos.

Portanto, temos aqui um processo de produção que envolve vários passos para respeitar a planta.

Apesar de os produtos serem desenhados em Portugal, o processo não é inteiramente feito em território nacional. Como referimos, o bambu é colhido no sudeste asiático e os tecidos confecionados na China. Como, por norma, existe muita mão-de-obra barata e más condições de trabalho para aqueles lados, a Momo Cotton quis assegurar-se que todos os produtos são desenvolvidos segundo os princípios de comércio justo, os quais colocam produtores e trabalhadores em condições de melhorar de forma sustentável as suas condições de vida e trabalho.

Para isso, e de modo a garantir que estes processos seguem estes critérios, as fábricas são recorrentemente auditadas por fontes externas e independentes.

Cuidados a ter com os lençóis de bambu

O bambu é uma fibra natural e as peças da marca portuguesa não são pré-lavadas. É, por isso, expectável, que encolha nas primeiras lavagens cerca de 6% do seu tamanho antes da primeira lavagem. Tendo isso em conta, todas as peças da Momo Cotton são confecionadas com uma margem superior ao tamanho indicado, de modo a que, mesmo após as primeiras lavagens, o tamanho seja sempre o perfeito e ajustado à nossa cama.

Em todo o caso, aqui ficam alguns conselhos a ter com a roupa de cama 100% bambu para uma boa manutenção:

  • Aconselha-se, nas primeiras vezes, lavagens dos lençóis de bambu no máximo a 40ºC, e as vezes consequentes a 30ºC. Escolher um ciclo para roupa delicada;
  • Não usar amaciador. Visto que o bambu tem uma seiva natural que mantém as fibras ultra-suaves e faz com que fiquem mais macios com cada lavagem, não é necessária a utilização de amaciador;
  • Não usar lixívia, ativadores de cor ou outros agentes que atuem sobre a cor natural das peças;
  • Não lavar a seco;
  • Se necessário para finalizar a secagem, poderão usar a máquina de secar, utilizando sempre o programa menos quente e por tempo reduzido;
  • Passar a ferro com temperatura média.

Falta mencionar os produtos que a marca efetivamente vende. A Momo Cotton tem disponíveis capas de edredão (com cada capa a apresentar uma contagem de 300 fios longos, que conferem um conforto e suavidade que não encontramos noutros tecidos), lençóis de baixo ajustáveis (com elástico a toda a volta para minimizar o movimento do lençol durante a noite e manter uma cama feita, sempre impecável) e fronhas (o tecido evita a fricção do cabelo, reduzindo a rutura capilar e, deste modo, a queda), pelo que podem comprar em separado ou em conjuntos, estando disponíveis nas cores Branco, Verde sálvia e Rosa Limonada.

O melhor de tudo? A empresa tem um política de devoluções de 30 dias, o que significa que têm um mês após receberem os produtos da Momo Cotton para solicitar um reembolso, embora duvidemos que tal vá acontecer. No fundo, são 30 noites de teste.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes