O Mama Shelter Lisboa tem novidades reconfortantes no restaurante

- Publicidade -

São entradas, pratos e sobremesas que homenageiam os produtos da temporada e ajudam a reconfortar os momentos passados à mesa durante os dias mais frescos.

Aberto desde o início do ano, o Mama Shelter Lisboa, da conhecida marca francesa de hotéis arrojados, coloridos e divertidos, tem feito as delícias dos lisboetas e não só. Com uma localização de excelência, entre o vibrante Príncipe Real e a monumental Praça do Marquês de Pombal, e a uma distância de 10 minutos do Parque Eduardo VIII, o Mama Shelter Lisboa está sempre aberto, mesmo para aqueles clientes que desejem apenas frequentar o rooftop e o restaurante. E foquemo-nos nisso mesmo: na comida.

Ora, e já depois de, em setembro, ter feito regressar o seu inconfundível brunch, o restaurante do Mama Shelter Lisboa estreou no mês seguinte de outubro novos pratos que passaram a fazer parte do menu. Falamos de entradas, pratos e sobremesas que homenageiam os produtos da temporada e ajudam a reconfortar os momentos passados à mesa durante os dias mais frescos. E claro que o Echo Boomer foi provar, naquela que foi a nossa terceira visita.

Atenção, não falamos de um novo menu elaborado pelo chef Nuno Bandeira de Lima, até porque seria um risco mexer em demasia numa carta vencedora, mas sim de novas adições, aqui e ali.

E que novas adições são essas? Tártaro de Salmão (com abacate, cebola roxa, malaguetas, lima, romã, milho frito e ovas de tobiko com tostas) e o Carpaccio de Vazia Black Angus (com vinagrette de limão, rúcula selvagem e lascas de Parmesão) ambos servidos ao almoço e ao jantar. Duas das novidades pedidas por nós, pois claro. Nenhuma delas é propriamente uma novidade que nunca tenhamos visto noutros locais, mas o que faz diferença é a qualidade.

No Tártaro de Salmão, são tudo ingredientes óbvios, mas que fazem sentido, uma vez que se complementam. Além disso, o peixe, quando tem qualidade, eleva logo o prato, algo que aconteceu aqui relativamente a outros spots onde devorámos outros tártaros desta vida. E foi num instantinho que limpámos o prato. Já o Carpaccio de Vazia Black Angus agradou-nos não só por se desfazer assim que o tentámos cortar, o que significa que estamos perante um bom produto, e pelo facto de não ter um sabor demasiado intenso, o que nos agradou particularmente.

A nível de novidades nos pratos principais, o Mama Shelter Lisboa apostou no La Forêt, um mosaico de sabores composto pelos ingredientes chave da estação, como abóbora, lentilhas, cogumelos, cenouras, nozes e romãs, regadas com molho de iogurte grego, e no Salmão Grelhado com esmagada de batata com crème fraîche, aneto, legumes e pickle de couve roxa.

Não somos propriamente os maiores fãs de pratos sem proteína de peixe ou carne, pelo que descartámos o La Forêt, e uma vez que já tínhamos devorado o Tártaro de Salmão, deixámos também de lado o Salmão Grelhado. Solução? Apostar numa pizza… e num prato já existente.

Sabendo que, ao almoço, a seleção de pizza tinha sido reforçada com três novas opções – Di Mare, Bianca Tartufa e Calzone Pancetta – e adorando nós o cheirinho da trufa, não conseguimos resistir à pizza Bianca Tartufa (com burrata, flor di latte, trufa e rúcula). Caros leitores, que pizza fantástica! Honestamente, até tirávamos a burrata e deixávamos a pizza por si só brilhar graças à trufa, mas não nos queixamos. É deliciosa. Está, certamente, no nosso top 3 das melhoras pizzas que já devorámos – e olhem que já provámos muitas ao longo das nossas experiências.

A outra opção principal passou por uma estrela da carta, o Mama’s Cheese Burger (com bacon, tomate, cebola roxa e molho cocktail com batatas caseiras), que não desiludiu. Carne saborosa, no ponto pedido.

Para terminar em beleza, o Mama Shelter Lisboa sugere duas novas sobremesas: o Banoffee, composto por crumble de frutos secos, banana, chantilly com aroma de laranja e doce de leite, e os Churros com toppings de chocolate quente e doce de leite. Os churros não estavam disponíveis, então ficámo-nos pelo Banoffee, uma combinação interessante e que vos deixará totalmente saciados, com o doce de leite a brilhar no meio dos frutos secos e da banana.

Já ao jantar, e embora tenhamos visitado o spot ao almoço, há também novidades, como o Piano grelhado, com batata frita rústica, salada verde e molho BBQ, e o Caril do Mama, com grão, arroz thai e nan, que convidam os clientes a uma viagem pelos sabores do mundo no coração da capital.

Não nos podemos esquecer do Rooftop, altamente recomendado numa outra visita. Além de uma seleção de bebidas, entre vinhos, cervejas, cocktails clássicos e cocktails de autor, a oferta de finger food e de petiscos foi reforçada. O menu apresenta uma diversidade que vai do clássico Bife Tártaro e do Tártaro de Salmão com abacate aos Pimientos de Padrón e ao emblemático Pica-Pau. A sessão termina na intensa Mousse de Chocolate enriquecida com salame de chocolate.

Recomenda-se vivamente uma visita ao Mama Shelter Lisboa. Seja ao almoço, jantar ou no rooftop, comida aconchegante e deliciosa é coisa que não vai faltar. Podem consultar todos os horários no site oficial, onde podem também reservar mesa.

Fotos de: Francis Amiand

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes