Há cada vez mais burlas com lojas no Facebook e Instagram

- Publicidade -

Entre janeiro e março, o número de queixas disparou 325% face a 2021.

As reclamações recebidas no Portal da Queixa, maior rede social de consumidores de Portugal, não deixam dúvidas: há um problema com as lojas online do Facebook e do Instagram, que está a levar centenas de consumidores ao engano. Quem compra só percebe depois, quando o produto não chega e a loja deixa de estar visível, porque foi apagada ou porque o perfil do comprador foi bloqueado.

No primeiro trimestre deste ano, o Portal da Queixa identificou um aumento de 325% do número de reclamações relacionadas com compras online em lojas existentes no Facebook e no Instagram, em comparação com o período homólogo (1 de janeiro e 30 de março de 2021).

Comprar no Facebook e no Instagram é seguro?

Com o boom do e-commerce, as lojas online associadas ao Facebook e ao Instagram ganharam especial relevância. Para a maior rede social de consumidores de Portugal, comprar online sim, mas é importante ter atenção ao que se compra nestas plataformas e é preciso antecipar situações e prever riscos. Em caso de dúvida ou de burla, é igualmente importante denunciar sempre em plataformas como o Portal da Queixa.

4 cuidados antes de comprar nas redes sociais

  • Pesquisar antes de comprar. Pesquisar o mais possível sobre a marca, sobre experiências de outros consumidores e qual é a performance da marca segundo os mesmos. O Portal da Queixa disponibiliza esta informação útil e atualizada na sua plataforma.
  • Dar preferência ao Instagram Shop. O Instagram Shop é direcionado a contas comerciais e permite colocar o preço e link direto à loja na própria publicação. O processo de validação do Instagram Shop de uma marca está sujeito a vários critérios rigorosos, entre eles a vinculação a um site credível e seguro, algo que traz alguma segurança ao consumidor.
  • Desconfiar de produtos baratos. Podem nunca chegar, podem não corresponder à realidade, podem ser falsos ou contrafação.
  • Muita pressão por parte do vendedor? Não comprar! Se existir pressão por parte do vendedor em realizares a compra pode significar burla. Nenhuma loja online credível e segura pressiona os seus clientes a comprar algo. Como nas lojas físicas, o consumidor só compra se assim o entender.
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Facebook vai descontinuar algumas funcionalidades no final deste mês

Já se usaram bastante, mas hoje em dia nem por isso.

Forum Aveiro tem um spot perfeito para as fotos do Instagram

Podem aproveitar até 30 de setembro.

Burlas com cartões de crédito. Há cada vez mais casos associados ao banco Wizink

Alegadamente, estará em causa a usurpação de dados. O número de lesados não para de aumentar.

Facebook passa a permitir publicações anónimas nos grupos

A funcionalidade de publicação anónima permite às pessoas publicarem nos grupos, mas sem que tenham de partilhar publicamente os seus nomes.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Inaugurada primeira loja Naterial by Leroy Merlin em Portugal

É a primeira a abrir à escala nacional e a terceira a nível ibérico, juntando-se assim às lojas Naterial em Palma de Maiorca e Barcelona (Espanha).

Corsair revela uma nova solução para as costas, as cadeiras TC200

Há uma nova solução de cadeiras gaming no catálogo da Corsair. A Corsair revelou as TC200 Gaming Chairs, uma nova...

Halo Infinite recebe finalmente o Co-Op em estado beta, já em julho

O Co-Op vem mesmo aí, com outras novidades, mas ainda não é na versão final.