3,2 milhões de clientes já têm um contador inteligente de eletricidade em casa

E destes, um milhão está ligado à rede inteligente.

- Publicidade -

A ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos divulgou um Balanço da Implementação das Redes Inteligentes de Distribuição de Energia Elétrica em 2020, concluindo que 3,2 milhões de consumidores em Baixa Tensão Normal (BTN), correspondendo a clientes domésticos e pequenas empresas, já têm um contador inteligente instalado e, destes, um milhão está ligado à rede inteligente.

O relatório da ERSE retrata o ponto de situação da instalação dos contadores inteligentes a 31 de dezembro de 2020, a sua integração em redes inteligentes e a utilização de serviços e disponibilização de dados.

Através de um questionário dirigido aos operadores das redes de distribuição e aos comercializadores, a ERSE verificou o estado atual de implementação do Regulamento dos Serviços das Redes Inteligentes de Distribuição de eletricidade. O regulamento define o quadro mínimo de serviços a disponibilizar aos clientes e inclui a medição e disponibilização de dados de consumo e de produção, o acesso a esses dados diretamente no contador e em plataformas eletrónicas, a eliminação de estimativas na faturação, a realização de alterações contratuais de forma remota, sem necessidade da presença do consumidor na instalação, entre outros.

O relatório conclui que os Operadores da Rede de Distribuição em Baixa Tensão (ORD BT) manifestam um compromisso generalizado com o desenvolvimento das redes inteligentes de distribuição de energia elétrica, prevendo-se, de acordo com os planos dos ORD BT, que em 2024 seja a quase totalidade dos 6,5 milhões de clientes.

Um número significativo de instalações em BTN, com contador inteligente instalado embora não integrado nas redes inteligentes, dispõe de acesso a alguns serviços inovadores, tal como a leitura remota mensal do contador ou a atuação remota para alguns serviços concretos, correspondendo a 22% de clientes.

As instalações BTN integradas em redes inteligentes totalizavam, no final de 2020, 16% do total (1 milhão de clientes). Os ORD BT estimam que, no final de 2022, 50% das instalações de BTN esteja integrada numa rede inteligente e que, em 2024, esse número atinja os 76%.

O relatório realça também o facto de alguns comercializadores evidenciarem ainda desconhecimento da regulamentação em vigor relacionada com o acesso ao registo das instalações integradas nas redes inteligentes e de outros não utilizarem todas as potencialidades decorrentes da integração das instalações de consumo nas redes inteligentes.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Já repararam nos novos talões do Lidl? São mais ecológicos

Agora é esperar que a concorrência faça o mesmo.

Burger King abre novo restaurante em Sesimbra

É o 12º spot da marca no distrito de Setúbal e o segundo em Sesimbra.

Vai ser possível visitar os novos trabalhos arqueológicos em Troia ainda em setembro

Mas atenção: é num dia específico e os lugares são limitados.