Maior parque aquático de montanha da Península Ibérica já reabriu

A comemorar os seus 25 anos, o Parque Aquático de Amarante reabriu no passado dia 1 de junho com mais m2 ( um total de 40 mil m2) e novas atrações.

Aquele que é o maior parque aquático de montanha da Península Ibérica tem como novidades o escorrega Turbolance, onde se desliza ao longo de quase 150 metros cheios de adrenalina; o escorrega Fast Mountain, com 180 metros de comprimento e 22 de altura, sendo um dos maiores escorregas aquáticos tubulares da Europa; um novo conjunto de três slides; uma zona de Aquaspray para os mais novos; e uma maior envolvência de “verde” que cobre todo o recinto.

Finalmente, o Parque Aquático de Amarante conta ainda com pistas múltiplas e rápidas, um caracol, dois tobogans, aqualândia, cascata, piscina de adultos, e, para os mais pequenos, três parques aquáticos infantis.






A par da diversão, a segurança é o valor mais importante deste parque que conta com uma vigilância permanente, uma equipa de nadadores salvadores, um centro de Enfermaria especializado e equipado com sistema de videovigilância.

O Parque Aquático de Amarante está aberto até dia 15 de setembro, funcionando entre as 10h e as 19h. Quanto a preços, é de 13,50€ para adulto e 7,50€ por cada criança às segundas e sábados. Aos domingos e feriados os valores sobem para 17,50€ por cada adulto e 8,90€ por criança.

Já durante a época alta, a acontecer entre 15 de julho e 1 de setembro, os preços praticados serão os mesmos que aos domingos e feriados na época baixa.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,464FansCurti
4,047SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

Inquérito revela que 82% dos fãs estão prontos para voltar aos eventos ao vivo

A pesquisa foi realizada pela Festicket a mais de 110 mil inquiridos.

Música: Álbuns essenciais (abril)

Fiona Apple lançou um dos álbuns mais brilhantes dos últimos anos. Pronto, já disse.

EPAL lança versão especial da garrafa COOL dedicada a Lisboa

Tudo isto deve-se ao facto de Lisboa ser, em 2020, a Capital Verde Europeia.